Caçula de Manoel Carlos morre em Nova York

Caçula de Manoel Carlos morre em Nova York

Cristina Padiglione

05 de outubro de 2014 | 19h38

Pedro Almeida, filho caçula do autor de novelas Manoel Carlos, morreu na noite desse sábado, em Nova York, aos 22 anos.

Segundo a Globo, a causa da morte é mal súbito.

 

A foto acima foi postada por Monique Curi, amiga de Pedro, no Twitter

Pedro estudava teatro na cidade e é o terceiro filho que Maneco perde.

Em 1988, Ricardo morreu em decorrência do HIV.

Em 2012, Manoel Carlos Jr., que trabalhava como assessor de imprensa de teatro, em São Paulo, não resistiu a um ataque cardíaco.

Ricardo e Maneco eram filhos de Maria de Lourdes Gonçalves de Almeida.

Pedro, o caçula agora morto, era filho da atual mulher do autor, Bety, com quem ambos têm uma filha, Julia Almeida, que trabalhou em algumas novelas do pai.

Quando estive na casa do autor, pouco antes de ele colocar no ar a novela Em Família, ainda faltava mais de um mês para o Natal e o apartamento no Leblon já estava em plena operação de decoração de Natal, o que o autor justificou mencionando os filhos Julia e Pedro. Não era qualquer coisa. Havia profissionais pendurando luzinhas e adereços, erguendo árvore de Natal e cercando paredes de guirlandas.

“Nós adoramos decoração de Natal, aqui em casa, é sempre uma superprodução”, disse-me o autor na ocasião. “Fazemos mais pelos filhos, e o Pedro vem de Nova York, todo mundo vem, eles gostam de encontrar a casa assim para o Natal, como sempre foi.”

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

Manoel Carlos

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: