Boninho e a maior trollagem do ‘Tomara que Caia’

Boninho e a maior trollagem do ‘Tomara que Caia’

Cristina Padiglione

30 Julho 2015 | 22h21

BONINHO-001

Foi durante a apresentação de seu novo programa, É de Casa, para as manhãs de sábado da Globo, que conversei com Boninho, diretor de núcleo também responsável pelo Tomara que Caia, como vem lidando com a rejeição do novo humorístico das noites de domingo. O programa tem sido apedrejado nas redes sociais e perdeu audiência entre a primeira e a segunda edição, caindo de 13 para 9 pontos.

“Eu dou risada” (dos comentários sobre o programa). Nem por isso, o homem que hoje tem o maior número de horas ao vivo da Globo sob suas asas descarta a necessidade de mexer no humorístico.

“O programa é vivo, não no sentido de ser ao vivo, mas também isso, quer dizer, está em mudança sempre. A gente vai ajustando acertos, erros, vendo o que o telespectador quer, como tudo o que se faz na TV. Como fizemos no Encontro, no Vídeo Show, tudo vai sendo ajustado”, falou.

No último domingo, o humorístico foi anunciado no guia da NET, na tela, como “Tomara que saia do ar”, o que motivou pedido de desculpas da operadora à Globo. A molecagem foi obra de algum funcionário contratado pela empresa que legenda “Foi a maior trollagem que o programa já recebeu”, comentou Boninho, em referência às trollagens que fazem a dinâmica do humorístico.

Mais conteúdo sobre:

BoninhoTomara que caia