Band rompe parceria com a GameCorp e retoma Canal 21

Cristina Padiglione

08 de julho de 2008 | 20h50

A Bandeirantes ainda não se pronunciou sobre o fim da parceria com a GameCorp, produtora que colocou a emissora no alvo do noticiário político por ter Fábio Lula da Silva, filho do presidente Lula, entre seus sócios.

Nas últimas semanas, a GameCorp, que criou a Play TV no espaço do 21, informava que suas produções cumpriam cronograma normal, sem qualquer menção da Band ao fim das operações da produtora para o canal.

Segundo reportagem do “Meio & Mensagem”, a Rede 21 virou a página da Play TV desde ontem, quando nova programação já aparecia na tela. A semana, diz o M&M, começou “com nova home no portal que antes abrigava o conteúdo do Play TV.” Um grande logotipo da Rede 21 acompanhava o aviso: ‘Aguarde. Nosso novo site está quase pronto’.

A Play TV nasceu há dois anos e buscava paralelos na MTV. Gostava de bater bumbo sobre dados de audiência, quantitativa e qualitativa, que apresentassem prestígio de sua programação entre o público jovem.

Seja lá qual for a razão da Band, essa parceria termina quase da mesma forma como começou: de um dia para o outro, a Band derrubou todo um projeto implantado no 21, relativamente recente (incluindo o ótimo talk show Saca-Rolha, com Marcelo Tas, Lobão e Mariana Weickert), para abrir espaço ao projeto da Play TV. Agora, a emissora da GameCorp sai de cena com a mesma instantaneidade.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: