Autor, diretor e elenco celebram ritmos brasileiros de ‘Velho Chico’

Autor, diretor e elenco celebram ritmos brasileiros de ‘Velho Chico’

Cristina Padiglione

08 de março de 2016 | 10h43

Bene

Festa de lançamento de novela da Globo, em geral, reúne elenco, equipe, autores e diretores de uma maneira, digamos, quase protocolar. Os profissionais lá comparecem, na hora marcada, para posar para fotos, conversar com jornalistas e criar uma ocasião capaz de fazer eco em sites e páginas de toda espécie, a fim de promover o produto que vem aí.

Pois não é que o povo de ‘Velho Chico’, próxima novela das 9, reunido na noite desta segunda-feira, no Museu do Amanhã, não queria ir embora?

Antes e depois da apresentação do clipe, seguida por um discurso comovente de Benedito Ruy Barbosa, autor da história, o salão se ocupou de grandes saudações, em especial entre os atores, de novatos a veteranos. Abaixo, Rodrigo Santoro e Antonio Fagundes, intérpretes do mesmo personagem em fases distintas, aplaudem a apresentação de Benedito.

santoro

Desenhou-se, de modo espontâneo, um ritual beija-mão em torno do autor veterano, que bênção mesmo deu à filha, Edmara Barbosa, e ao neto, Bruno Barbosa, agora responsáveis por escrever os longos capítulos de uma novela das 9, sob o comando do diretor que os acompanha na foto abaixo, Luiz Fernando Carvalho.

edmara

 

Nos 13 anos que separam ‘Esperança’ de ‘Velho Chico’, que estreia nesta segunda-feira, Bené, como o diretor Luiz Fernando Carvalho chama o autor, enfrentou um sem número de problemas de saúde. Até AVC teve. Passou por um período de recolhimento e, já em ‘Meu Pedacinho de Chão’, recomeçava a falar e a andar. Mas, tocar uma novela das 9 já é demais para os seus 80 e poucos anos, ainda que ele faça questão de supervisionar o texto.

Na festa dessa terça, no Rio, Bené estava especialmente entusiasmado em ver as primeiras cenas de um enredo que habita sua cachola desde o início da década de 1970, quando pisou nas cercanias do São Francisco como repórter.

Após o discurso e o clipe, uma sequência de ritmos brasileiros embalou o elenco no salão de entrada.

Estudio Especial - Fabiula Nascimento

studio Especial – Fabiula NascimentoFabíula Nascimento (a mais modernete bem vestida da noite), Gabriel Leone e Bruno Fagundes deixaram o local só quando a música se encerrou. Do lado de fora, ainda  ficaram brincando de fazer poses para selfies.

Crianças que estarão na primeira e segunda fase corriam à vontade entre rapazes que bailavam na coreografia da capoeira. Casais dançavam de mãos entrelaçadas, a festa não se permitia acabar.

Na ‘vitrola’, muita Bahia, de Caetano e Gal, presentes na trilha da novela, a Pepeu, Baby e Daniela Mercury. Teve Tim Maia, Gonzaguinha, Elba, Paula Toller, berimbau e que tais.