Astrid se emociona ao admitir aborto

Astrid se emociona ao admitir aborto

Cristina Padiglione

04 Março 2015 | 18h09

astrid

A legalização do aborto pode ser assunto evitado no Congresso, mas está na pauta do dia na televisão.

A volta do  Saia Justa com o time original, nesta quarta-feira, pelo GNT, traz o assunto à tona, com direito a depoimento emocionante da âncora, Astrid Fontenelle, sobre a experiência vivida por ela aos 18 anos.

Ao comentar uma entrevista de Débora Bloch à revista ‘Marie Claire’, em que a atriz diz já ter feito aborto, Astrid se emociona ao admitir que também passou por isso aos 18 anos, por falta de cuidados para não engravidar. Fala que vendeu jóias da mãe para pagar pela cirurgia.

Veja o trecho do vídeo aqui.

“Eu já fiz um aborto. Eu já falei sobre esse assunto um monte de vezes na televisão e nunca tive coragem de me expor. Por quê? Porque dói. Porque não é motivo de orgulho falar que fez um aborto. Eu era garota, eu não namorava a pessoa certa, eu tenho certeza disso, eu não sabia me proteger, eu tomava pílula e esquecia de tomar pílula, tomava um dia, esquecia três, tomava três juntas, como muitas garotas da minha idade, eu tinha muito medo, mas muito medo de contar pra minha mãe, eu não tinha dinheiro, eu tive que vender uma joia da minha mãe e botar no prego, e fui lá sozinha, num lugar cheia de gente bacana, aqui em São Paulo, um lugar que eu acho que tá até hoje naquele mesmo lugar. Ou seja, não é fácil, não é legal, eu tenho 53 anos de idade, fiz isso com 18, quanto tempo tem isso. A última vez que eu falei aqui que eu era a favor do aborto, falaram coisas absurdas pra mim nas minhas redes sociais. Mas eu acho que eu tinha que falar. Eu tinha que falar porque eu tô junto com um monte de meninas, um monte de mulheres…”

Saia Justa vai ao ar às 21h30, no GNT.

Mais conteúdo sobre:

AbortoAstrid FontenelleSaia Justa