Alguém bate à porta tarde da noite…

Cristina Padiglione

27 Setembro 2006 | 15h30

Quem bate? É a Net.
Se alguém bater à sua porta lá pelas 10 ou 11 da noite dizendo que é a Net, não se espante, pode ser verdade.
Dois relatos desse gênero nos chegam aqui sobre episódios semelhantes na noite de ontem. Detalhe: nenhum dos casos foi resolvido.
A pane vivida por duas assinantes envolve Virtua, Net fone e Net TV.
Um funcionário chegou a pedir licença para ligar para sua mulher, a fim de explicar que, apesar do horário, ele estava bem e ainda em expediente.
Na outra residência, convidaram o funcionário da Net a se sentar e tomar uma cerveja: sem telefone, internet e TV, a confraternização deu-se em roda de conversa.

Para coroar, na casa onde o telefone ainda funcionava, uma funcionária da empresa ligou para perguntar se a assinante estava satisfeita com o serviço. Bom, ao menos o telemarketing funciona, né mesmo?