Adnet em Londres merece ser visto e estudado

Cristina Padiglione

07 de agosto de 2012 | 18h51

Sim, ainda é possível fazer humor que não seja “bundão”, como diz Rafinha Bastos, e, ainda assim, ser muito bom no objetivo de fazer rir.

O Adnet em Londres, programa que inaugura o formato do Adnet Viaja, novo projeto de Marcelo Adnet na MTV, é material a ser visto por quem não viu e revisto por quem pretende conhecer e estudar o assunto – ou simplesmente por quem quer rir de novo. Ainda que o objetivo central da proposta não seja exatamente o humor, e sim um mapeamento turístico com base no comportamento e na cultura local, Adnet faz de sua presença algo essencial na sedução da audiência.

Bom de captar idiomas em acentos diversos, ele faz o british english com a afetação que bem cabe ao humor.

Em vez de repetir pela enésima vez que o Brasil está na moda lá fora, Adnet se apresenta aos transeuntes em Londres como repórter de uma equipe de TV da Bolívia, e ali constata um certo desdém dos britânicos ao seu microfone. Sim, a diferença no tratamento dado ao suposto boliviano (depois paraguaio) e ao brasileiro é latente.

Surge então ricaço, personagem de Adnet, que encontra total afinidade com Londres, mas fica estarrecido com aquele monte de gente se acotovelando. A Londres da Olimpíada não é a cidade do seu gosto.  

Há criação na pauta, há repertório, há elaboração no trabalho. Adnet passa longe dessa turma que sai por aí, desembestada, com microfone “espontâneo” na caça de um “fala-povo” ou de uma celebridade qualquer.

Amém. Nem só da madrugada de Serginho Groisman se sustenta a vida inteligente da TV.

Mais conteúdo sobre:

HumorMarcelo AdnetMTV