Globo sobe no Rio e perde ibope em SP

Globo sobe no Rio e perde ibope em SP

Cristina Padiglione

19 de março de 2012 | 15h03

Globo Esporte, com Leifert, perde audiência em São Paulo

Bem que o diretor-geral Octávio Florisbal citou, durante o anúncio da nova programação da Globo, que o projeto Globo Rio em breve será implantado em São Paulo e outras cidades.

Coincidência ou não, o Rio vai contra a maré de queda de audiência da Globo no Painel Nacional de TV (PNT) do Ibope em fevereiro. Mais que isso, a Globo foi a única emissora que cresceu no Rio no mês passado, marcando 17,9 pontos de média das 7h à 0h, ante 15,70 no mesmo horário em fevereiro de 2011. Subiu 9% no Ibope. A RedeTV! foi a que mais perdeu no Rio (21%), seguida pela Record (7% de queda) em fevereiro.

O projeto Globo Rio promove uma aproximação física da emissora com as comunidades, com eventos recreativos e esportivos, melhoria do sinal e jornalismo comunitário.

Queda na Pauliceia. Em São Paulo, os números de 2012 da Globo já apresentam perda significativa em relação ao mesmo período de 2011. O SPTV1 perdeu 19% de audiência – 8,7 pontos de janeiro a março de 2011, ante 10,8 pontos de janeiro a março (até o dia 14) de 2012.

A diferença poderia ser atribuída ao fato de o público não ter assimilado a troca na apresentação de César Tralli, mas o Globo Esporte, com o mesmo Tiago Leifert, também perdeu 19% de ibope em São Paulo na comparação do mesmo período – 9,7 pontos, ante 11,6 de antes.

Já o Jornal Hoje caiu 14% no período: foram 23,7 pontos em 2012 ante 27,1 pontos em jan/fev/mar de 2011.

No SPTV2, a queda foi de 14%, com média de 27,1 pontos em 2011 e 23,7 pontos em 2012, sempre no primeiro trimestre do ano, descontando a última quinzena.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: