Virada Cultural pouco roqueira terá Leslie West e Nektar

Estadão

09 de maio de 2013 | 06h44

Marcelo Moreira

Cadê o rock na Virada Cultural da cidade de São Paulo? Cadê o palco rock? Cadê o palco Baratos Afins? Parece que os curadores decidiram que o rock não mais muita audiência e resolveram relegá-lo a horários pouco convidativos e espalhá-lo por vários palcos, em meio a atrações de qualidade extremamente duvidosa.

A começar pelo próprio site oficial do evento, que não traz de forma clara e visível todas as atrações, palco por palco. Experimente clicar em cada link da programação e veja o resultado – ou a falta de.

O mais inacreditável é que o próprio evento está ignorando uma atração de peso, evitando dar destaque: Leslie West, guitarrista norte-americano que fundou o Mountain e que tocou com gente como Mick Jagger e The Who, está programado para tocar no palco São João no sábado, 18 de maio, às 20h, depois de Lobão. Ou seja, esconderam o grande músico, talvez a maior e mais importante das atrações internacionais, e sem qualquer divulgação. Leslie West vai “abrir” para a banda A Banca, formada por remanescentes do Charlie Brown Jr… É simplesmente inacreditável.

No dia seguinte, outra atração de peso, mas completamente ignorada na divulgação do festival: a banda britânica de rock progressivo Nektar, que vai tocar no palco São João no domingo, às 16h.

Além das duas grandes atrações internacionais totalmente relegadas ao último plano, restou pouca coisa de rock de verdade na Virada Cultural: Os brasileiros Anjo Gabriel, Madame Saatan, Fábrica de Animais, The Central Scrutinizer + Bobby Martin (EUA) (os brasileiros da Central são considerados a melhor banda cover de Franka Zappa do mundo) e as norte-americanas Mondo Generator e Soft Moon, de cunho mais indie-pop.

De resto, bandas pop de qualidade apenas razoável foram privilegiadas, como Vanguart, Hurtmold e Chimpanzé Club Trio, misturadas e soterradas em meio a coisas absurdas como Otto, Barbara Eugenia, Lucas Santtana e semelhantes. Quem gosta de rock dificilmente vai se animar a comparecer aos shows verdadeiramente bons, pois terá de aguentar muita coisa ruim enquanto espera.

O guitarrista Leslie West (FOTO: DIVULGAÇÃO)

Veja a programação mais “rock”, compilada pela curadoria do evento:

Palco São João

Sábado

18h – Lobão

20h – Leslie West (EUA)

22h – A Banca (show Chorão Eterno)

24h – Mondo Generator (EUA)

Domingo

2h – Madame Saatan

4h – Mão Morta (Portugal)

6h – Soft Moon (EUA)

8h – Anjo Gabriel

10h – Rebeca Matta

12h – James Chance & Les Contortions (EUA)

14h – The Central Scrutinizer Bobby Martin (EUA)

16h – Nektar (Reino Unido)

18h – David Jackson (Reino Unido) + ACB (Itália)

 

Palco Cásper Líbero São Paulo

Sábado

18h40 – Elma

20h – Tigre Dente de Sabre

21h20 – Aeromoças e Tenistas Russas

22h40 – Jenni Sex

24h – Vespas Mandarinas

Domingo

1h20 – Bits do Além

2h40 – Mickey Junkies

4h – Fábrica de Animais

5h20 – As Radioativas

6h40 – Harry

8h – Astronauta Pinguim

9h20 – Chimpanzé Club Trio

10h40 – Silvia Tape

12h – Laya Lopes

13h20 – Fábio Góes

14h40 – Bárbara Eugênia

16h – Andreia Dias

17h20 – Juliana R

 

Palco Cásper Líbero Brasil

Sábado

18h – Negro Leo

19h20 – Chinese Cookie Poets

20h40 – Ruído/mm

22h – Graveola e o Lixo Polifônico

23h20 – Criolina

Domingo

0h40 – Dingo Bells

2h – Vaudeville

3h20 – Godzilla

4h40 – Ex Exus

6h – Jonnata Doll & Garotos Solventes

7h20 – A Banda de Joseph Tourton

8h40 – Sol na Garganta do Futuro

10h – Apanhador Só

11h20 – Burro Morto

12h40 – The Baggios

14h – Strobo

15h20 – Porcas Borboletas

16h40 – Vitoriano

 

Palco 25 de março

Sábado

18h – RitmistasJorge Mautner Kassin

20h – Lucas Santtana

22h – Metá Metá

24h – Hurtmold

Domingo

2h – Cabruêra

4h – Lirinha

6h – Vanguart

8h – Mombojó

10h – Passo Torto

12h – Jesuton

14h – Tatá Aeroplano

16h – Céu

18h – Otto

Tudo o que sabemos sobre:

Leslie WestMountainNektar

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.