Unisonic, de Michael Kiske, terá álbuns lançados no Brasil

Estadão

09 de fevereiro de 2012 | 17h00

Marcelo Moreira

Michael Kiske sempre foi um garoto desbocado e turrão. Sua teimosia era proporcional ao imenso talento como cantor de rock e heavy metal. Quando asumiu os vocais da banda alemã Helloween, em 1987, com apenas 18 anos, ele formatou o que viria a ser conhecido como power metal ou heavy metal melódico – pelo menos nas definições da época dos termos.

Com a confiança nas alturas e certa dose de prepotência, encantou os fãs com sua voz fantástica e sua maturidade mesmo sendo tão jovem. O que ninguém sabia era que o rapaz era um pouco difícil de lidar, o que ocasionou sua saída da banda em 1993 em meio a brigas e acusações.

A partir de então decidiu por uma carreira solo com três álbuns muito bons, mas com pouca repercussão. Amargurado, renegou o heavy metal em várias entrevistas e abandonou a música por anos, até que lentamente fosse voltando nos anos 2000 para o hard rock. Primeiro foi a banda SupaRed, que foi ignorada pela crítica; depois foi o projeto Place Vendome, que teve uma acolhida um pouco melhor.

Unisonic: Kiske é o do centro

Foi a partir de suas participações no projeto Avantasia, de Tobias Sammet (Edguy), que ele definitivamente deu a volta por cima. Em 2010 gravou um álbum ao lado da boa cantora norte-americana Amanda Somerville e agora consegue colocar em prática o Unisonic, banda que tentava criar com Kai Hansen, guitarrista ex-companheiro de Helloween e atualmente no Gamma Ray, havia três anos. O projeto saiu do papel e os dois lançam em breve o primeiro álbum com a banda. Completam a formação o baixista Dennis Ward (Pink Cream 69), o baterista Kosta Zafiriou (Pink Cream 69) e o ex-guitarrista do Asia Mandy Meyer.

O primeiro registro do Unisonic em estúdio é o recém-lançado EP Ignition. O trabalho traz quatro faixas: “Unisonic”, “My Sanctuary”, “Souls Alive” e uma versão ao vivo de “I Want Out” gravada no Loudpark Festival no Japão. No Brasil o EP será lançado pela Hellion Records em versão digipack. O primeiro álbum, a ser lançado em março, também serpa lanlado no país pela gravadora paulistana.

O Unisonic toca em São Paulo no dia 18 de Maio no HSBC Brasil, em São Paulo, na companhia da banda suíça Gotthard, que estreará novo vocalista, Nic Maeder, substituto de Steve Lee, – morto em um trágico acidente em outubro de 2010 nos Estados Unidos.

Serviço:

Atração principal: UNISONIC
Special guest: Gotthard
Data: 18 de maio (sexta-feira)
Horário: Portas – 20h / Show Gotthard– 21:30 h / Unisonic – 23:00 h
Local: HSBC Brasil (www.hsbcbrasil.com.br)
Endereço: Rua Bragança Paulista, 1281 / Chácara Santo Antônio, São Paulo/SP
Telefone: (11) 5646-2117
Classificação etária: 14 anos
Capacidade: 4500

Preços e Setores
VIP
Inteira – R$ 320,00
Meia- entreda – R$ 160,00
CADEIRA ALTA
Inteira – R$ 180,00
Meia-entrada – R$ 90,00
CAMAROTE
Inteira – R$ 300,00
Meia-entrada – R$ 150,00
FRISAS
Inteira – R$ 240,00
Meia-entrada – R$ 120,00
PISTA 1º Lote
Inteira – R$ 140,00
Meia-entrada – R$ 70,00
PISTA 2º Lote
Inteira – R$ 160,00
Meia-entrada – R$ 80,00
PISTA 3º Lote
Inteira – R$ 170,00
Meia-entrada – R$ 85,00
PISTA 4º Lote
Inteira – R$ 180,00
Meia-entrada – R$ 90,00

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: