Torture Squad e o terror sonoro

Estadão

23 de agosto de 2010 | 20h33

Marcelo Moreira

Música Diablo, Korzus e agora o Torture Squad. Nunca o thrash metal nacional conseguiu no mesmo ano lançar tantos álbuns de qualidade. O Torture Squad acaba de lançar “Aequlibrium”, o sucessor dos ótimos “Pandemonium” e “Hellbound”.

O quarteto paulistano sempre foi referência de música extrema no Brasil. Era consenso que o grupo estava um passo à frente do Sepultura no quesito agressividade, quase chegando no patamar dos gaúchos do Krisiun, hoje a melhor banda de death metal do planeta.

Capa do CD

Pois o Squad em seu novo trabalho está mais pesado, mais agressivo e mais violento. A sonoridade thrash oitentista deu lugar a uma velocidade estupenda e a um vocal mais urrado, mais assustador. Uma pancada death metal, de assombrar até mesmo os amigos do Krisiun.

Tudo o que sabemos sobre:

death metalTorture Squad

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: