Thin Lizzy: encontradas mais de 700 gravações inéditas

Estadão

05 de janeiro de 2012 | 06h38

Marcelo Moreira

Um baú com mais de 700 gravações inéditas em todo o tipo de gravação – fitas cassete e de rolo. Esse é o tesouro que o jornal Belphast Telegraph, da Irlanda do Norte, anuncia que foi resgatado, contendo o trabalho de composição de Phil Lynnot, baixista, compositor,, vocalista e líder da grande banda irlandesa Thin Luzzy.

As centenas de gravações inéditas de Phil Lynott reapareceram pelas mãos de um fã, que teria guardado o material desde a morte do vocalista, em 4 de janeiro de 1986. A divulgação do tesouro marca o começo das homenagens do 25º ano da morte do artista. A perícia inicial de uma curadoria constatou pelo menos 700 canções, entre versões alternativas de clássicos e músicas nunca antes lançadas.

As relíquias estavam armazenadas em 150 fitas que o próprio Lynnot teria confiado a esse fã pouco antes de sua morte. O que ninguém esclareceu ainda é o motivo de o fã esperar 25 anos para divulgar material, que renderia com certeza uma série bastante lucrativa de produtos e faria a alegria dos fãs.

O primeiro projeto a ser estudado pela Universal Music é uma coletânea em CD, provavelmente duplo, com uma seleção do material mais interessante a ser lançada ainda neste ano – a reportagem especula sobre uma eventual reunião de ex-membros do Thin Lizzy vivos para finalizar as gravações.

De qualquer forma, os fanáticos por Lynnot e Thin Lizzy podem se fartar com a maravilhosa caixa chamada “Vagabonds, Kings, Warriors, Angels”, lançada em 2002 com quatro CDs repassando toda a carreira do grupo, formado em 1969 em Dublin e que encerrou as atividades em 1983 – nos anos 90 o guitarrista John Sykes reformou o grupo com diversas formações, mas acabou largando o osso em 2007, quando outros ex-membros assumiram a empreitada.

A caixa traz muito poucas novidades ou material até então inédito, mas serve de grande panorama da obra de Lynnot e sua banda. Para quem se dispuser a gastar bem mais, existem seis álbuns originais do Thin Lizzy relançados em CDs duplos com várias raridades, material inédito e gravações ao vivo. O material é importado e está à venda nas principais lojas virtuais do mundo – mas é possível encontrar alguns exemplares na Galeria do Rock, em São Paulo.

Outra opção, também importada, é o recém-lançado CD duplo “At the BBC”, finalmente reunindo as melhores participações do Thin Lizzy nos famosos programas da emissorabritânica de rádio. Este lançamento é muito mais completo do que “Thin Lizzy – BBC Radio One”, lançado em 1995 em CD simples.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Phil LynnotThin Lizzy

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.