Testament dá uma aula de heavy metal em São Paulo

Estadão

30 de agosto de 2011 | 16h45

Costábile Salzano Júnior – The Ultimate Press 

Nem só de Metallica, Megadeth, Slayer e Anthrax vive o atual mainstream do Thrash Metal Mundial. Injustiçados por não fazer parte da aclamada turnê Big Four, o Testament, um dos grupos mais importantes de todos os tempos, recentemente encerrou a longa passagem pela América Latina, com apresentação devastadora no Carioca Club, em São Paulo. 

A excursão que cruzou cidades do México, Equador, Colômbia, Venezuela, Chile e Argentina, também mostrou ao público brasileiro que a banda está mais viva do que nunca e não precisa de uma milionária reunião para continuar atraindo seus seguidores. 

Após quatro anos sem vir ao Brasil, o Testament retornou ao país com a sua formação clássica – Chuck Billy (voz), Eric Peterson (guitarra), Alex Skolnick (guitarra) e Greg Christian (baixo) -, tendo Jon Allen (bateria Sadus) como convidado. Apesar do repertório ter sido consideravelmente curto, o espetáculo foi recheado de clássicos. Músicas como  “The New Order”, “The Preacher”, “Practice What You Preach” “Over The Wall”, “Into the Pit”, “D.N.R. (Do Not Resuscitate)” e “3 Days in Darkness” e  “Disciples of the Watch!” levaram o público ao delírio. 

Dois fatos curiosos marcaram esta apresentação: a banda tocou apenas uma composição de seu último registro, “Formation of Damnation”, trabalho que recolocou o quinteto em evidência, e o grande número de pessoas que prestigiaram o evento. Recentemente, os shows internacionais em São Paulo tiveram média entre 200 e 400 pessoas.

 Já no Testament, visivelmente mais de 900 expectadores presenciaram uma das melhores exibições de heavy metal do ano, até o momento. Sinal de que os produtores de eventos da cidade precisam repensar e analisar que não é qualquer atração que seduz o vasto público paulistano. 

Atualmente, o Testament está trabalhando nas composições que farão parte do seu novo disco “The Dark Roots of Earth”, que deve sair em 2012. E Chuck Billy prometeu que ano que vem eles estão de volta. 

Vale a pena ressaltar que, a abertura ficou por conta do Chaosfear. Fernando Boccomino (vocal/guitarra), Eduardo Boccomino (guitarra), Anderson de França (baixo) e Billy Houster (bateria) não sentiram o peso da responsabilidade. O quarteto desempenhou uma bela performance e acabou conquistando o respeito da exigente platéia com as suas próprias composições. Saíram de cena aplaudidos e com o dever de casa cumprido. 

Set list: Testament – Carioca Club – São Paulo – 20/09/2011

Intro For The Glory Of…

1.More Than Meets the Eye

2.The New Order

3.The Preacher

4.Practice What You Preach

5.Over the Wall

6.Electric Crown

7.Into the Pit

8.Souls of Black

9.The Legacy

10.Burnt Offerings

11.D.N.R. (Do Not Resuscitate)

12.3 Days in Darkness

bis

13.Alone in the Dark

14.Disciples of the Watch

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: