'Signature Box', caixa de Lennon, chega custando R$ 1.000

A EMI, gravadora oficial do ex-Beatle, despeja essa semana nas lojas um lote desse material, no qual pontifica a caixa de 11 CDs de sua carreira solo batizada como John Lennon Signature Box

Estadão

16 de novembro de 2010 | 08h17

Jotabê Medeiros

O aniversário de 70 anos de nascimento de John Lennon motivou uma avalanche de lançamentos. A EMI, gravadora oficial do ex-Beatle, despeja essa semana nas lojas um lote desse material, no qual pontifica a caixa de 11 CDs de sua carreira solo batizada como John Lennon Signature Box, com 8 álbuns de estúdio remasterizados, mais dois CDs bônus, um livro com 60 páginas (contém fotos raras, apontamentos, letras manuscritas e desenhos). É um item de colecionador, principalmente os mais fanáticos, porque seu preço é bem salgado: R$ 1 mil.

Divulgação

DivulgaçãoMaterial inclui livro com 60 páginas de fotos raras, apontamentos, letras, manuscritas e desenhos

A caixa cobre o período de produção de Lennon entre 1971 e 1984. Raridades, em termos de John Lennon, hoje em dia são poucas – desta vez, são 13 gravações domésticas inéditas. Os CDs também serão vendidos separadamente. A viúva de Lennon, Yoko Ono, como de hábito, supervisionou pessoalmente o lote e aprovou (tudo é em branco e azul, como gostava o casal) e cedeu material particular para o lançamento. Três ensaios muito pessoais foram escritos especialmente para essa edição por Yoko e os filhos do ex-beatle, Sean e Julian Lennon.

Os discos solo de John Lennon incluídos na caixa são: Plastic Ono Band, Imagine, Mind Games, Walls and Bridges e Rock and Roll. De sua parceria com Yoko Ono comparecem Some Time in New York City, Double Fantasy e Milk and Honey.

Também foi editada uma compilação, Gimme Some Truth, uma caixa com 72 faixas dividida pelos temas Working Class Hero, Woman, Borrowed Time e Roots. Junto com a recente reedição dos discos dos Beatles, inicia um prodigioso inventário do quarteto – a obra solo de Paul McCartney, que está excursionando por aqui, mereceria também alguma atenção urgente.

Os fãs mais atentos acusam a gravadora de não ter incluído algumas coisas menos badaladas de Lennon, como os discos experimentais de John e Yoko intitulados Two Virgins, Life with the Lions e The Wedding Album, além do disco Live Peace in Toronto (John e Yoko coma Plastic Ono Band); o novo remix de Double Fantasy Stripped Down e outras faixas independentes, como Do the Oz.

O som foi remasterizado por engenheiros da EMI a partir das master tapes originais, para eliminar quaisquer imperfeições. Baixos e baterias foram destacados, e os vocais ficaram mais claros e separados da instrumentação.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: