Shaman retorna mais pesado

Estadão

24 de agosto de 2010 | 08h35

Marcelo Moreira

Assim como o Angra ressurge, o Shaman, que teve origem no próprio Angra, volta ao mercado com um fabuloso trabalho, “Origins”. Capitaneado pelo baterista Ricardo Confessori, o quarteto investe em um som mais orientado para a guitarra e para a simplicidade, ao contrário dos primeiros trabalhos.

Confessori agora conta com o produtor Thiago Bianchi nos vocais, escola das mais acertadas. Ele já havia cantado no trabaloho anterior, “Immortal”, considerado um dos destaques do rock pesado nacional em 2008. Mesmo se dividindo nas baquetas com o Angra, Confessori, com a ajuda de Bianchi, conseguiu imprimir a sua marca, afastando o Shaman do metal progressivo e levando-o ao power metal.

O grupo surgiu da cisão do Angra em 2000. Confessori, André Matos (vocalista) e Luís Mariutti (baixo) deixaram o grupo e criaram o Shaman com o irmão de Mariutti, Hugo, nas guitarras. Foi sucesso imediato no Brasil, no Japão e na Europa com o primeiro CD, “Ritual”, que yeve até uma música, “Fairy Tales”, na trilha de uma novela da TV Globo.

Em seguida, turnê brasileira, turnê mundial, um CD?DVD ao vivo, “RituaLive”, aí vem o lançamento do álbum “Reason”, em 2005. A repercussão não foi a mesma do primeiro CD, o que começou a gerar insatisfações com o gerenciamento da carreira.

Capa do CD

Houve novos desentendimentos e o baterista Confessori ficou sozinho, já que Matos e os irmãos Mariutti deixaram o grupo e se juntaram na André Matos Band – hoje apenas a carreira solo de André Matos, que lançou dois CDs, “Time to Be Free” (2007) e “Mentalize” (2009).

Confessori continuou o Shaman, agora com um “a” só, recrutou novos músicos e transformou som do grupo, menos progressivo e mais metal. O retorno foi em grande estilo, com o excelente CD “Immortal” em 2007, além de um “Immortal Live”, lançado no ano seguinte.

O baterista continua se dividindo entre o Shaman e o Angra, teoricamente bandas concorrentes, mas garante que consegue conciliar os dois trabalhos. Tomara que sim.

@@@@@@@@@@@@@@@@@

Aproveite e ouça o programa-podcast Combate Rock nº 1, produzido pela equipe do blog Combate Rock, que analisa e critica os shows internacionais que ainda ocorrem este ano.

Parte1 by mmoreirasp

Parte2 by mmoreirasp

Parte3 by mmoreirasp

Parte4 by mmoreirasp

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

Tudo o que sabemos sobre:

André MatosAngraRicardo ConfessoriShaman

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: