Sepultura ganha caixa com álbuns da era Max Cavalera

Estadão

11 de junho de 2013 | 17h00

Marcelo Moreira

Enquanto o Sepultura grava seu novo álbum em Los Angeles, as gravadoras Warner e Roadrunner tiram a poeira de seu catálogo e recolocam no mercado uma joia: cinco álbuns da banda brasileira de thrash metal da época em Max Cavalera fazia parte da banda, ao lado do irmão, Iggor, baterista que hoje não está mais no grupo, Andreas Kisser (guitarra) e Paulo Xisto Jr. (baixo).

“The Max Cavalera Complete Collection 1987-1996” é uma caixa que traz toda a produção da banda enquanto o líder e guitarrista foi integrante. Fazem parte os álbuns “Schizophrenia”, “Beneath The Remains”, “Arise”, “Chaos A.D.” e “Roots”. As primeiras gravações oficiais, contidas em “Morbid Visions”, ficaram de fora.

Embora não confirmem, as duas gravadoras na verdade já deram o pontapé inicial para as comemorações dos 30 anos de criação da mais importante banda brasileira de rock, pesado ou não. Surgida em 1984 em Belo Horizonte pela persistência dos irmãos paulistas Max e Iggor Cavalera, o Sepultura chegou a ombrear as principais bandas de heavy metal do mundo nos anos 90, mas a ascensão foi bloqueada pela saída de Max em 1997, insatisfeito com a demissão da empresária Gloria Cavalera, sua mulher.

Cada álbum da caixa tem sua importância na melhor época da banda, mas os melhores álbuns do pacote são “Arise” e “Chaos A.D.”, que definiram o som da banda e que a colocou na primeira divisão do metal extremo mundial, além do apadrinhamento de ninguém menos do que Ozzy Osbourne. O desfile de hits é insano: “Arise”, “Dead Embryonic Cells”, “Under Siege”, “Desperate Cry”, “Territory”, “Refuse/Resist”, “Kaiowas”…

No exterior a caixa está sendo vendida, em média, por US$ 26 (R$ 53). Nas lojas brasileiras, o preço varia de R$ 60 a R% 75. Ainda é assim, é menos do que se o fã tivesse de comprar individualmente cada CD – no Brasil, com o custo médio de um CD em torno de R$ 25, todos sairiam por R$ 125.

Lista de músicas:

SCHIZOPHRENIA

Intro (Schizophrenia), From The Past Comes The Storms, To The Wall, Escape To The Void, Inquisition Symphony, Screams Behind The Shadows, Septic Schizo, The Abyss, R.I.P. (Rest In Pain), Troops Of Doom (Schizophrenia Bonus Track)

BENEATH THE REMAINS

Beneath The Remains, Inner Self, Stronger Than Hate, Mass Hypnosis, Sarcastic Existence, Slaves Of Pain, Lobotomy, Hungry, Primitive Future

ARISE

Arise, Dead Embryonic Cells, Desperate Cry, Murder, Subtraction, Altered State, Under Siege (Regnum Irae), Meaningless Movements, Infected Voice

CHAOS A.D.

Refuse/Resist, Territory, Slave New World, Amen, Kaiowas, Propaganda, Biotech Is Godzilla, Nomad, We Who Are Not As Others, Manifest, The Hunt, Clenched Fist

ROOTS

Roots Bloody Roots, Attitude, Cut-Throat, Ratamahatta, Breed Apart, Straighthate, Spit, Lookaway, Dusted, Born Stubborn, Jasco, Itsari, Ambush, Endangered Species, Dictatorshit, Canyon Jam

Tudo o que sabemos sobre:

Max CavaleraSepultura

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.