Roger Daltrey sai em turnê e coloca futuro do Who em dúvida

Estadão

22 de setembro de 2011 | 08h00

Marcelo Moreira

O futuro da banda The Who mais uma vez se transformou em uma grande incógnita. Após quatro anos de boa convivência e relativo sucesso comercial em tempos de downloads, a banda entrou em hibernação após a rápida mas potima apresentação no intervalo do Superbowl de 2010 (a final do Campeonato de Futebol Americano, dos Estados Unidos). E as tensões voltaram entre Roger Daltrey (vocalista) e Pete Townshend (guitarrista), os líderes e remanescentes da formação original ( e os únicos vivos).

Em meio a vários boatos, o fato é que Townshend cancelou os planos de fazer uma turnê neste ano tendo como base a obra-prima “Quadrophenia”, de 1973. A banda já havia feito uma turnê com esse repertório entre 1996 e 1997 pela Inglaterra e pela América do Norte. Frustrado, Daltrey teria decidido fazer nova turnê solo – terminou uma de ause oito meses em maio de 2010.

Assim como anterior, Daltrey deu preferência aos Estados Unidos e ao Canadá, mas realizou algumas datas na Grã-Bretanha. Só que o vocalista foi ambicioso: está apresentando a ópera-rock “Tommy” de forma integral, algo que, de acordo com ele, o Who nunca fez nos palcos – a banda tentou entre 1969 e 1970, mas sempre deixou trechos inteiros de fora, assim como fez em 1989.

The Who em ação no Superbowl 2010, a decisão do Campeonato de Futebol Americano

Em entrevista ao jornal “USA Today”, Daltrey diz que, com a banda que reuniu agopra, é possível “fazer todas as harmonias, todos os pequenos detalhes que estão na gravação e que o Who costumava negligenciar devido a nossas limitações instrumentais”.

O último show está agendado para o dia 2 de novembro em Winnipeg, Canadá e, apesar de chamada de “turnê mundial” pela mídia, ainda não há informações se a excursão será prolongada para atender ao “mundo” que não fica no hemisfério norte.

Já em relação a 2012, e falando das declarações recentes de Pete Townshend que o Who pode se reunir para apresentar “Quadrophenia”, Daltrey disse que nada foi confirmado até agora: “É, ouvi falar disso. No momento, não sei. Não discuti isso com ninguém ainda”.

O probelma é que Daltrey parece ainda estar magoado com o cancelamento da turnê do Who em 2011. É o que demonstra na entrevista que concedeu à revista inglesa Uncut, que pode ser lida aqui, traduzida, no excelente site brasileiro The Who Brasil.

Outra coisa que vem incomodando o cantor é a sequência interminável de boatos que dão conta a respeito de uma eventual “exigência” que teria feito a Townshend em meados do ano passado para que voltasse aos palcos com o Who: substituir toda a banda de apoio – exceto pelo guitarrista Simon Townshend, irmão de Pete – por sua banda solo, que o acompanha atualmente na turnê pelos Estados Unidos.

Este sim seria o real motivo da recusa de Townshend em tocar com o Who neste ano. Simon, aliás, é o guitarrista principal da banda de Daltrey. Em algumas entrevistas nos Estados Unidos nas últimas duas semanas, o vocalista se recusou a fazer comentários sobre esses “supostos boatos”. Entretanto, não perde a chance de insinuar que dificilmente haverá turnê do Who em 2012.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: