Queens of the Stone Age e Marky Ramone no Brasil

Estadão

26 de agosto de 2010 | 17h04

Marcelo Moreira

Mais dois shows internacionais foram confirmados neste segundo semestre. A banda norte-americana Queens of the Stone Age retorna ao Brasil após nove anos. Misturando duas tendências aparentemente distintas, o stoner rock (subgênero baseado no hard rock dos anos 70, só que mais pesado) e o rock alternativo, o grupo tocará no Festival SWU, que ocore entre 9 e 11 de outubro em Itu, no interior de São Paulo.

O Queens of the Stone Age não tem mais o baixista Nick Oliveri, que tocou pelado no Rock in Rio III e quase foi preso. Este mês, lançou uma versão de luxo do álbum “R”, que completa 10 anos. “Rated R” traz as faixas antigas, covers e versões ao vivo.

Outro norte-americano, o baterista Marc Bell, mais conhecido como Marky Ramone, retorna a São Paulo com sua banda atual, Marky Ramone’s Blitzkrieg, para uma apresentação no Carioca Clube, em Pinheiros, no dia 3 de novembro. Os preços: pista 1º lote, R$ 50; pista 2º lote, R$ 60; e pista 3º lote, R$ 70.

Como a alcunha entrega, Marky foi o terceiro baterista dos Ramones, ícone punk mundial que encerrou as atividades em 1996 – foi o que ficou mais tempo no “cargo”. Após o fim da banda, criou alguns grupos que levavam o seu o nome, mas sempre baseando o repertório nas canções dos Ramones.

Costuma frequentar bastante o Brasil, especialmente São Paulo e Porto Alegre, cidades em que fez bastante amigos no meio musical, amigos estes que dão uma força quando o baterista vem ao país sozinho para se apresentar, tanto que lançou há alguns anos no mercado brasileiro o CD “Marky Ramone & Tequila Baby ao Vivo em Porto Alegre”, onde atuou com os amigos da banda gaúcha citada.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: