Queen – a capa sci-fi de News Of The World

Estadão

01 de novembro de 2012 | 07h00

 Paulo Severo da Costa

Bem antes do nascimento do termo geek ou da ascensão cult de “The Big Bang Theory”, o rock n´roll já tinha seus próprios nerds: BRIAN MAY é doutor em astronomia, NEIL PEART, um consumidor voraz de ficção científica e até, quem diria, KING DIAMOND, um químico dinamarquês de altíssimo gabarito.

Em meio a diplomas e livros de mecatrônica, a turma da frente da sala de aula, foi discretamente introduzindo elementos de suas áreas de interesse, tanto na música em si, quanto na arte de cartazes de show e capas de discos. 

Contendo um astrônomo, um biólogo, um especialista em eletrônica e um designer de ponta, o QUEEN mostrava que o rock n´roll que pensava não era, por essa razão, inferior à qualquer bando de iletrados. Mesmo em uma época que começava a primar pelo minimalismo musical e estético – o fim dos anos 70 – os britânicos caprichavam – seja na grandiloquência de seus arranjos, seja na arquitetura de suas capas.

Se em “A Night at the Opera”(1975), a arte foi produto das mãos de MERCURY (servindo de inspiração para “A Day at the Races”(1976) que, segundo consta, formariam um conceito só, representado por seus fundos branco e preto, respectivamente), a imagem estampada no sucessor, “News Of The World”(1977), veio mesmo de uma paixão antiga de ROGER TAYLOR. 

Criada como capa da revista Astounding Science Fiction em 1953, o robô mutilador surgiu, originalmente, nas mãos de FRANK KELLY FREAS, como ilustração do conto “The Gulf Between”. A distópica imagem continha, originalmente, a imagem de um homem morto – substituída pelos membros da banda pelas mãos do próprio FREAS, que concordou com a encomenda de refazer o desenho especialmente para o disco.

Fato curioso é que o registro que contém “We Will Rock You” e “We Are The Champions” possui ainda uma terceira versão que foi utilizada na distribuição asiática do disco – um típico item geek. 

 

Capa da edição de outubro de 1953 da revista Astounding Action

 

Tudo o que sabemos sobre:

Queen

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.