Procon do Maranhão pede explicações sobre problemas aos organizadores do Metal Open Air

Estadão

19 de abril de 2012 | 17h45

Marcelo Moreira

Está ocorrendo agora à tarde uma reunião na sede do Procon de São Luís (MA), na Rua do Egito (Centro),  com os organizadores do festival de rock Metal Open Air, para que expliquem o tratamento dispensado aos clientes. Desde as primeiras horas  manhã, centenas de jovens vindos de outros estads estão em frente ao Parque Independência, local do evento, impedidos de entrar, embora tenha comprado pacote com direito a acampamento, segundo informações do jornal virtual Maranhão Hoje.

A explicação dos organizadores é que as pulseiras não teriam ficado prontas a tempo, o que impediu o credenciamento dos que vão ficar no local neste período. O problema é que muitos dos que estão impedidos de entrar no parque fizeram longa viagem de ônibus, perderam noites de sono e precisam armar suas barracas, já que as apresentações das bandas contratadas começam nesta sexta-feira, ou seja, correm risco de mais desgastes físicos.

Ainda de acordo com o site Maranhão Hoje, além dos maus tratos aos clientes que compraram seus pacotes pela internet, o Procon vai apresentar aos organizadores do festival o relatório do que foi verificado na inspeção feita na manhã desta quinta-feira, juntamente com o Corpo de Bombeiros.

Os dois órgãos fizeram inspeções sobre infraestrutura, comércio de alimentos, segurança etc.

Tudo o que sabemos sobre:

Metal Open Air

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.