Primeira mixagem de Nevermind foi desastrosa, revela Butch Vig

Estadão

25 de agosto de 2011 | 22h35

do Território Eldorado

Às vésperas do lançamento da edição de luxo de Nevermind, o produtor Butch Vig relembrou em entrevista à Rolling Stone como foram as gravações do cultuado disco de 1991. Ele conta que recebeu os integrantes do Nirvana em seu estúdio em abril daquele ano, em Los Angeles, quando começaram a registrar as faixas de Nevermind.

Apesar das gravações terem decorrido de maneira mais “focada”, Vig disse que a primeira tentativa de mixar o álbum se revelou desastrosa. “Estava arrumando o som da bateria e da guitarra e Kurt chegava e dizia: ‘tire todo esse agudo. Quero que soe mais como o Black Sabbath’. Era um pé no saco”.

Veja também:
Baixista do Nirvana fará show para comemorar 20 anos de ‘Nevermind’
Nova versão de ‘Nevermind’, do Nirvana, sairá em setembro

– PLAYLIST: Ouça músicas do Nirvana!

O produtor ainda falou sobre as constantes alterações de humor do vocal da banda. “Em um momento ele estava interessado e, de repente, se desligava, ficava sentado no canto e desaparecia. Eu não sabia como lidar com isso”.

Kurt Cobain e Krist Novoselic no começo de carreira

Kurt Cobain e Krist Novoselic no começo de carreira – Divulgação

Vig também comentou sobre alguns dos extras que estarão presentes no pacote de relançamento de Nevermind, como os ensaios do trio nas sessões de estúdio. “As gravações boombox são algumas das melhores coisas para os fãs de hardcore”, disse. “Elas soam superlow-fi, sujas, realmente primordial”.

A edição de luxo do disco será lançada em 27 de setembro e terá demos, lados b ao vivo e em estúdio e registros na BBC Sessions e do show no  Paramount Theatre, em Seattle, em 1991. O pacote ainda traz uma versão remasterizada do álbum.

Tudo o que sabemos sobre:

Nirvana

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: