Porão do Rock terá 38 atrações no próximo final de semana

Estadão

28 de agosto de 2013 | 07h00

Marcos Bragatto – site Rock em Geral

pdr13

Acontece no próximo final de semana, em Brasília, na sexta, dia 30, e no sábado, 31, a 16ª edição do Porão do Rock, um dos mais tradicionais festivais do mercado independente brasileiro. Nesse ano, tocam 38 bandas, 19 por noite, distribuídas em três palcos, sendo cinco atrações internacionais, 18 nacionais e 15 do próprio Distrito Federal e adjacências. A expectativa é que o som role por mais de 18 horas, para um público estimado em 40 mil pessoas, nos dois dias.

Do lado internacional, os destaques são o Soulfly, a empreitada principal do ex-líder do Sepultura, Max Cavalera; Mark Lanegan, remanescente da era de ouro do grunge; o Suicidal Tendencies, ícone do crossover metal/hardcore; e o renascido Mono Man, que voltou à ativa recentemente. Entre os nacionais, prevalece a mescla de grandes nomes do rock nacional e bandas novas, marca do PDR.

No primeiro bloco, tocam Os Paralamas do Sucesso, Lobão e Capital Inicial, e, no segundo, The Galo Power, Supercombo e Selvagens a Procura da Lei. Entre os intermediários, Matanza, Devotos e Dead Fish; confira a programação completa no final do texto.

O Porão do Rock começa na sexta, dia 30, a partir das 17h, no Estacionamento do Estádio Mané Garrincha, região central de Brasília. Os ingressos saem por R$ 15 (meia-entrada) + 1kg de alimento, antecipados; ou R$ 20 (meia-entrada) + 1kg de alimento, na bilheteria.

Os ingressos estão sendo vendidos na Chilli Beans (Shopping Iguatemi, Shopping Boulevard, Conjunto Nacional, Brasília Shopping, Pátio Brasil Shopping, Terraço Shopping, Park Shopping, Pier 21 e Taguatinga Shopping); Porão Rockwear (Taguatinga, atrás do Alameda Shopping); Abriu Pró Rock (Gama Shopping); Kingdom Comics (Conic); e Kingdom Camisetas (107 Norte). Os alimentos devem ser entregues na hora e no local do festival.

Por determinação da Vara de Infância e Adolescência do Distrito Federal, o acesso ao evento é permitido aos maiores de 16 anos. Menores de 13 a 15 anos poderão entrar acompanhados de responsável maior de 18 anos, mediante a apresentação de autorização dos pais, registrada em cartório. Menores de 13 anos somente entrarão com pai ou mãe.

Em todos os casos (inclusive para os maiores de idade), é preciso apresentar, na portaria do evento, carteira de identidade ou certidão de nascimento.

Estrutura
A arena montada no Estacionamento do Estádio Mané Garrincha tem capacidade para até 30 mil pessoas por dia e dispõe de toda uma infraestrutura que permite ao público encarar a “maratona” do festival:

2 (dois) palcos montados lado a lado e batizados BRB e UniCeub;

1 (um) palco, chamado Budweiser, distante 350 metros dos palcos BRB e UniCeub, e com shows simultâneos aos outros dois palcos;

Praça Radical:
Muro de Escalada: uso liberado e sem custo para o público. Capacidade de atendimento: duas pessoas a cada 10 minutos;
Tirolesa: uso liberado e sem custo para o público. Capacidade de atendimento: uma pessoa a cada 5 minutos. Estrutura com 50 m de extensão x 9 m de altura, com andaimes e cabos de ac?o;
Mini Ramp de Skate: uso liberado e sem custo para o público. Capacidade de atendimento: quatro pessoas divididas em baterias de 10 minutos cada. Estrutura com 8,80m de comprimento x 4,60m de largura;
Bungee Jump: R$ 100 por salto. Participante precisa ter no mínimo 40kg e no máximo 110kg. Menores de idade só podem saltar com assinatura e presença dos pais. Capacidade de atendimento: 10 pessoas por hora, em média. Estrutura com 40m de altura.

Lojinha PDR com venda de produtos da marca PDR (camisetas, adesivos, mochilas, etc), além de artigos das bandas participantes e divulgação das campanhas sociais e parceiros;

Tenda da ONG Rodas da Paz, responsável pela guarda dos equipamentos do público que for ao festival de bicicleta;

Tenda do SESC-DF, responsável por receber os alimentos doados pelo público que pagou pagante;

Praça de alimentação;

Postos médicos;

Banheiros químicos.

ONG PDR
Objetivo
De um festival independente de música, o PDR tornou-se oficialmente, em 2002, uma organização não governamental (ONG). A entidade, sem fins lucrativos, passou a ser gestora da marca, a conferir a pessoas físicas ou jurídicas o direito de administrar os produtos que levam seu nome e a produzir anualmente o PDR Festival. Composta atualmente por nove conselheiros, entre músicos, produtores e jornalistas da cidade, a ONG PDR tem como principal objetivo dar visibilidade para a cena musical de Brasília, unindo os artistas e bandas da cidade com o que está acontecendo no cenário nacional. E, com isso, possibilitar a geração de empregos e de tecnologia locais, a criação de mercado para os artistas começarem suas carreiras e a formação de novos profissionais.

Ações sociais
Engajada na promoção de campanhas públicas, a ONG PDR vem desde 2003 coordenando diversas atitudes sociais dentro do festival. Confira quais as ações que serão desenvolvidas na edição 2013:

Rock Contra a Fome: Pelo 11º ano consecutivo, a ONG PDR está arrecadando alimentos junto ao público presente ao festival para serem doados a instituições carentes do Distrito Federal e Entorno. Nos 10 anos anteriores já foram arrecadadas quase 190 toneladas. Pela décima vez foi firmada parceria com o programa Mesa Brasil, do SESC, que tem por intuito diminuir as carências e o desperdício de alimentos e atende a mais de 100 instituições no Distrito Federal. Em 2013, a entrega de 1kg de alimento não perecível (por noite) na portaria do evento está agregada ao valor do ingresso e será mais uma vez obrigatória.

Rock Dá Pedal: Preocupada com a mobilidade urbana, a ONG PDR, em parceria com a ONG Rodas da Paz (que está comemorando 10 anos de atividades em 2013), está estimulando o público a ir ao festival de bicicleta. Uma tenda será montada na entrada da arena do PDR Festival – supervisionada pela Rodas da Paz – para receber as bicicletas com toda a segurança e conforto. Ao longo do evento serão exibidos vídeos sobre a ação.

Voluntários PDR: O projeto Voluntários PDR, realizado pela 11ª vez, tem por objetivo capacitar e/ou profissionalizar quem estiver disposto a trabalhar nos bastidores do evento. Trata-se, em sua maioria, de pessoas que têm afinidades com algum setor da cadeia produtiva da área de entretenimento: produção executiva; comunicação social; publicidade e marketing; performance artística; sonorização; iluminação; montagem e apoio.

Bolsa Rock: A ONG PDR está disponibilizando um total de 5.500 ingressos gratuitos para os alunos da rede pública de ensino médio do Distrito Federal. Todos os ingressos serão repassados no dia 26 de agosto (segunda-feira) para a Secretaria de Educação do Distrito Federal, que será a responsável pela distribuição nas escolas públicas de todo o Distrito Federal.

Doação de órgãos também é rock: A ONG PDR, em parceria com o Grupo de Transplantados Pulmonar Respirar Brasil (GTPR), vai realizar uma importante campanha de fomento à doação de órgãos e tecidos. A ideia é sensibilizar e informar o público presente sobre a importância dessa atitude e destruir mitos relacionados a quem pode ou não doar.

Programação Completa
Sexta, dia 30
Palco UniCeub

18h: Penteando Macaco (DF)
19h10: The Galo Power (GO)
20h20: Dead Fish (ES)
22h: Nem Liminha Ouviu (SP)
23h10: Alf (DF)
01h20: Leela (RJ)

Palco BRB
18h35: Dualid (DF)
19h45: Kita (RJ)
21h25: Banda de La Muerte (Argentina)
22h35: Selvagens a Procura de Lei (CE)
0h00: Capital Inicial (DF)
01h55: Matanza (RJ)

Palco Budweiser
19h05: Cadibóde (DF)
19h55: Falls of Silence (DF)
20h45: Kábula (DF)
21h35: Devotos (PE)
22h55: Os Maltrapilhos (DF)
23h45: Test (SP)
0h50: Soulfly (EUA)

Sábado, dia 31
Palco UniCeub

17h30: Saurios (DF)
18h40: Supercombo (ES)
19h50: Sexy Fi (DF)
22h: Uh La La (PR)
23h10: Mark Lanegan (EUA)
00h50: Mono Men (EUA)

Palco BRB
18h05: The EgoRaptors (DF)
19h15: Rocca Vegas (CE)
20h25: Os Paralamas do Sucesso (RJ)
22h35: Na Lata (DF)
0h15: Rios Voadores (DF)
01h55: Lobão (RJ)

Palco Budweiser
19h: Pastel de Miolos (BA)
19h50: Prisão Civil (DF)
20h40: Unconscious Disturbance (SP)
21h30: Krisiun (RS)
22h50: Galinha Preta (DF)
23h55: Leptospirose (SP)
01h00: Suicidal Tendencies (EUA)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.