Pearl Jam salva o Lollapalloza

Estadão

01 de abril de 2013 | 14h30

4_pj_2.jpg

Jotabê Medeiros – O Estado de S.Paulo

Não houve surpresas: a atração fundamental, mais esperada, mais consistente, de som mais massudo e visceral do Lollapalooza Festival foi mesmo o Pearl Jam. Uma banda que não está no palco para agradar, mas que sabe entregar uma música capaz de preencher todas as expectativas.

 

Do fortinho bombado que organizou a sua roda de pogo (aquele jeito de dançar jogando-se uns contra os outros) até a patricinha romântica que só queria colar no braço do namorado na balada, todos saíram felizes.

“Feliz Páscoa! Esse é um ovo de chocolate chamado Olé!”, disse o cantor do Pearl Jam, Eddie Vedder, em sua primeira comunicação com o público no Lollapalooza, anunciando meio em português e meio em inglês a quinta canção do seu repertório infinito. Até o povo da área VIP, um lugar de onde não se assiste show algum, desceu ao barro como mortais comuns.

Abrindo com Elderly Woman Behind the Counter in a Small Town, Eddie Vedder na guitarra, o grupo de Seattle foi dizendo a que veio logo de cara. Não quis transmissão pela TV. “Ou o cara quer ouvir a música ao vivo ou ele quer ver TV”, parece dizer a banda, famosa por sua integridade e o vigor anticomercial. Why GoDo the EvolutionEven Flow: todos berravam as letras.

 É um grupo “meaningful”, para dizer o mínimo: além da música carregada de significado, o olhar maduro e por vezes aflito de Eddie Vedder, sua voz melancólica, seu posicionamento firme e antiestrela o projetam como uma espécie de guru recorrente da cena musical. O show do Pearl Jam saiu mais punk rock e menos messiânico do que sua última visita ao País, na qual lotaram o Morumbi.

Hospital. Sobre um jovem que foi retirado do festival, fato presenciado pela reportagem, em estado “muito grave”, segundo o Estado ouviu dos paramédicos, a organização do evento emitiu a seguinte nota:

“A GEO informa que às 16h13 deste domingo (31/3) um jovem de 20 anos que se sentiu mal foi levado ao posto médico pela equipe de brigadistas do Lollapalooza. Lá recebeu os primeiros socorros e, após estabilizado, foi encaminhado ao hospital Santo Amaro para prosseguimento do atendimento. A GEO ainda informa que o paciente saiu do Jockey Club consciente, diferentemente do que foi noticiado”.

Repertório:

1 – Elderly Woman Behind the Counter in a Small Town
2 – Why Go Play
3 – Interstellar Overdrive
4 – Corduroy
5 – Comatose
6 – Olé
7 – Do the Evolution
8 – Wishlist
9 – Got Some
10 – Even Flow
11 – Nothingman
12 – Insignificance
13 – Daughter
14 – World Wide Suicide
15 – Jeremy
16 – Unthought Known
17 – State of Love and Trust
18 – Rearviewmirror
19 – Given to Fly
20 – Not for You
21 – Better Man
22 – Black
23 – I Believe in Miracles
24 – Go Play
25 – Alive
26 – Yellow Ledbetter

Tudo o que sabemos sobre:

LollapaloozaPearl Jam

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: