Notas roqueiras: Sepultura, Morbid Angel, Blur…

Estadão

03 de maio de 2013 | 17h00

da equipe Combate Rock

– A InterFace Filmes acaba de lançar uma campanha de crowdfunding para dar continuidade à produção do  documentário sobre a  jornada de 30 anos do Sepultura, um dos principais nomes da história do heavy metal brasileiro e mundial.

Durante os últimos três anos, o cineasta Otávio Juliano tem acompanhado todo o dia-a-dia do SEPULTURA. Nada ficou de fora! O conteúdo deste documentário traz a banda na estrada, entrevistas coletivas, bastidores, aborda os mitos, conflitos, mudanças pessoais, a luta com a economia da internet, as mudanças fonográficas e depoimentos inéditos. O cineasta realmente abriu os arquivos do Sepultura e selecionou imagens raras e inéditas das últimas três décadas. Este registro vai dar aos fãs muito mais do que eles imaginam e esperam.

Para a conclusão deste trabalho, foi lançado um financiamento coletivo no Kickstarter, um meio de arrecadar fundos para projetos criativos. Juntos, artistas e colaboradores fazem os projetos acontecerem. No Kickstarter, é tudo ou nada – os projetos tem que atingir suas metas de arrecadação para receber os fundos. Mais informações em http://www.kickstarter.com/projects/interfacefilmes/sepultura-official-documentary.

Neste momento, o Sepultura está promovendo mais uma vez o álbum “KAIROS” pela Europa. A nova turnê vai passar por França, Holanda e Alemanha. Além disso, Derrick Green (vocalista), Andreas Kisser (guitarra), Paulo Xisto (baixo) e Eloy Casagrande (bateria) também estão se preparando a gravação de um DVD especial durante show no Rock In Rio com os franceses do Tambours du Bronx.

– Falando em Sepultura, o baterista Eloy Casagrande machucou-se no dia 1º de maio enquanto tocava com o grupo na França, e será forçado a ficar de fora dos próximos quatro shows da banda, para se recuperar da lesão. Seu roadie, Dedé, vai substituí-lo neste período. Ele deve deve voltar em 7 de maio, ainda na França, na cidade de Pontiers.

– Parece que o Planeta Terra, festival de música alternativa, vai sair mesmo. O evento esteve ameaçado de cancelamento por questões estratégicas e financeiras. Segundo o Destak apurou, a banda inglesa Blur assinou com a produção do festival e será a atração principal do evento. A edição 2013 vai acontecer em novembro, em local a definir.

– O cerco às empresas ligadas à Negri Concerts, uma das produtoras do fracassado Metal Open Air, no Maranhão, continua. Uma informação disseminada em redes sociais dava conta de que a produtora ou uma associada estaria por trás da vinda da banda Morbid Angel ao Brasil neste ano. A boataria cresceu, inclusive com a criação de campanhas de boicote aos shows. Em nota oficial, a banda norte-americana divulgou que não está trabalhando com a Negri Concerts, mas sim com as seguintes empresas: Alive Concerts de São Paulo, Urânio Produtora de Porto Alegre e Showmaster de Curitiba. A condenação do empresário Felipe Negri se tornou perpétua e sem o menor direito a nada. A internet mostrou-se invencível nestes casos. Só lembrando: as empresas Negri Concerts e Lamparina Produções, que organizaram o festival no Maranhão, foram condenadas em primeira instância no Rio de Janeiro a indenizar um consumidor lesado. Já o Ministério Público do Maranhão ofereceu denúncia à Justiça daquele Estado pedindo a condenação das duas empresas e de seus respectivos donos.

Tudo o que sabemos sobre:

BlurMorbid AngelSepultura

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.