'Não mudaria nada. Esse disco é perfeito', diz Dave Grohl sobre Nevermind

Estadão

20 Fevereiro 2013 | 12h00

LUCIANO BORBOREMA – Território Eldorado

Dave Grohl em entrevista ao humorista Stephen Colbert, do programa The Colbert Report falou do grande álbum do Nirvana, Nevermind (1991).

O roqueiro quando questionado sobre o volume da bateria que foi gravado no disco, disparou: “Não mudaria nada. Não acho que o volume da bateria ficou baixo. Esse álbum é perfeito”.

Capa de 'Nevermind' de 1991

Capa de ‘Nevermind’ de 1991 – Divulgação

Disse ainda que “o melhor de tudo sobre o Nirvana é que ninguém pensava que seria uma grande banda. “Ninguém cogitou a possibilidade que venderíamos milhões de álbuns, portanto tivemos paz para trabalhar no álbum”, completou. Nevermind conta com os principais clássicos da carreira do Nirvana, entre outros: Smells Like Teen Spirit, Come as You Are e Polly, é Spencer Elden.  

Mais conteúdo sobre:

Dave GrohlNirvana