Morrem Reg Presley, dos Troggs, e Steve Knight, do Mountain

Estadão

05 Fevereiro 2013 | 14h30

Marcelo Moreira

Ele foi o mais raivoso cantor dos anos 60, e sua banda foi considerada por parte da imprensa com a mais suja, ultrajante e barulhenta da época. Reg Presley e seus Troggs (de trogloditas) fizeram história na Inglaterra com o seu grande e único hit, “Wild Thing”, depois eternizado por Jimi Hendrix e tocado por gente como Van Halen.

Pois hoje foi divulgado que Presley morreu na última segunda-feira, aos 71 anos, em consequência de um câncer de pulmão, segundo informações da família.

Presley anunciou que haviam detectado um câncer de pulmão em janeiro de 2012 após se sentir indisposto no mês anterior, e acabou internado.

The Troggs é considerada a banda que deu os primeiros passos em direção ao movimento punk, com sua música crua, simples e direta, mas pesada e barulhenta. Chamou a atenção antes mesmo dos cultuados MC5 e Stooges (que revelou Iggy Pop), dois ícones norte-americanos geralmente identificados como os pais do punk rock.

Além de “Wild Thing” , o grupo fez algum sucesso também com as músicas “With a Girl Like You” e “Can’t Control Myself”.

Steve Knight

Outra morte registrada em 2013 foi a do ex-tecladista da banda de hard rock Mountain Steve Knight. Músico requisitado de estúdio nos anos 60 e 70, tocou com nomes importantes nos Estados Unidos, como The Feenjon Group, The Peacemakers e Devil’s Anvil.

Nascido em Nova York, destacou-se nos anos 50 como um dedicado estudante de psicologia, área em que fez mestrado e onde registrou importantes trabalhos acadêmicos. Entretanto, a partir de 1959, foi progressivamente abandonando a profissão para se dedicar à música.

A vida de Knight começou a mudar a 1969, quando foi convidado por Felix Pappalardi, o importante produtor do Cream, de Eric Clapton, a participar das gravações dos álbuns de um novo trio impactante, o Mountain, de Leslie West.

A partir de 1971, Knight se tornou um membro oficial da banda, ao lado de West, Pappalardi e o baterista Corky Laing. Com a fama conquistada nos anos 70, se tornou requisitado músico de estúdio. O tecladista morreu aos 77 anos por conta de complicações causadas pelo Mal de Parkinson.