Morre Cornelius, ex-vocalista do Made in Brazil

Estadão

08 de agosto de 2013 | 13h42

da Liberdade Estação FM

O cantor Cornelio de Aguiar Neto, conhecido como Cornelius Lucifer, morreu aos 65 anos por problemas respiratórios no dia 19 de julho, em São Paulo. A informação só foi divulgada nesta quinta-feira (8) pelo Facebook da Made in Brazil, banda onde Cornelius foi vocalista nos primeiros anos de carreira.
Em nota, a banda ainda comentou Cornelius participaria dos shows comemorativos de 40 anos do primeiro disco da banda. Conhecido como “disco da banana”, é nessa gravação que Cornelius canta, com a característica voz rouca e rasgada, “Tudo Bem, Tudo Bom” e “Menina Para de Gritar”. “Descanse em paz, nossos pêsames aos familiares, fãs e amigos”, diz a mensagem.
Mais tarde, a banda voltou a comentar a notícia tardia, elogiando o ex-companheiro. “O cara era um tremendo vocalista! Se Cornelius Lucifer fosse um vocalista de alguma banda americana ou inglesa, com o que cantou no nosso primeiro disco, com as performances inesquecíveis que teve nos palcos com o Made, certamente a sua morte seria divulgada em todos os jornais e TVs e veículos de comunicação do mundo”.

Suas apresentações e o estilo glam colocam Cornelius no posto dos grandes performers brasileiros, por vezes lembrando Ney Matogrosso no Secos & Molhados.
O vocalista deixou a banda após o lançamento do disco de 1974 e lançou o trabalho solo “Cornelius – Santa Fé”, misturando rock e disco music. No final dos anos 70, ele lançou a música “Eu Perdi o Seu Amor”. Com a voz um pouco mais suave, e um clima de discothéque, a canção lhe deu certo sucesso.

Tudo o que sabemos sobre:

Cornelius LúciferMade in Brazil

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: