Matanza e Velhas Virgens: peso, bom humor e inteligência ao vivo em SP

Estadão

23 de maio de 2013 | 07h00

Marcelo Moreira

Seis meses depois de inaugurar seu próprio festival itinerante no Brasil, a banda carioca Matanza estará de volta a São Paulo em parceria inusitada, mas coerente, com os paulistas do grupo Velhas Virgens. com seu rock honesto, despojado e desencanado, o quarteto do Rio de Janeiro se firma como uma das mais vigorosas atrações do underground nacional fazendo rock pesado e cantado parte em português.

“Conosco não tem frescura, a gente sobe e toca. Temos um público fiel que sabe que a gente entrega o que promete: música boa, honesta e simples para tornar o show o mais agradável que pudermos”, afirma de forma direta e bem-humorada o vocalista Jimmy London.

Ele não entrega, mas deixa no ar a possibilidade de alguma surpresa envolvendo os amigos do Velhas Virgens. “Não programamos nada, mas às vezes tudo pode acontecer, mesmo o Matanza sendo uma banda certinha, que precisa ensaiar bastante e fazer com que tudo saia como tem de sair.  Na hora vai que aparece um lance legal e fazemos de primeira, sem programar nada… de qualquer forma, é bom eu ligar para o Paulão (de Carvalho, vocalista do Velhas Virgens) e deixar um alerta… (risos)”.

 

O grupo está promovendo seu mais novo lançamento, “Thunder Dope”, com um pouco mais do seu “country hardcore”, com ritmo forte e letras curiosas e às vezes insanas. O álbum contém regravações de músicas que não entraram nos álbuns anteriores.

“Não se trata de “sobra de estúdio” mas de músicas que ficaram incompletas, acabaram esquecidas mas que, de alguma forma, foram importantes pra que viéssemos a entender o nosso próprio som”, explica o guitarrista Marco Donida.

Além das faixas que originalmente pertenceram às demos de 1998 e 1999 (“Terror em Dashville” e “De Volta à Tombstone”), o álbum traz versões de músicas que nunca haviam tido um registro e de outras que sequer haviam ganhado arranjo. “Thunder Dope é um projeto que documenta anos de ‘ensaio e erro’ dentro de um processo de criação que até hoje nos deixa as roupas fedendo a whisky…” , diz Donida.

London afirma que algumas músicas do álbum novo deverão ser tocadas no show paulista, não haverá mudanças significativas na lista de canções tocadas normalmente nos shows atuais. “São 17 anos de banda e oito álbuns, então nosso público sabe bem o que vai encontrar no nosso show. Não é o caso de inventar, e sim de fazer um grande show.”

Um dos principais projetos do grupo é a retomada do Matanza Fest, uma espécie de festival itinerante pelo Brasil sempre capitaneado pelo quarteto carioca, que recebe no palco bandas amigas ou que chamem a atenção dos integrantes pela qualidade do som e das músicas.

É a primeira banda brasileira a fazer algo neste sentido, tendo como inspiração, ainda que remota, o Ozzfest, o antigo festival realizado nos Estados Unidos por Ozzy Osbourne – motivado pela recusa do Lollapalooza em aceitá-lo como atração em uma das edições do começo dos anos 2000.

No ano passado foram seis datas pelo Brasil, e London adianta que serão 13 shows do minifestival em 2013. As datas ainda não foram definidas, mas já existe a confirmação de que Porto Alegre e Curitiba receberão a edição deste ano, e possivelmente São Paulo.

SERVIÇO:

Matanza e Velhas Virgens em São Paulo

Data: 07/06 (sexta) Horário: abertura dos portões as 21h Local: Espaço Victory Endereço: Av. Major Ângelo Zanchi, 825 – Penha – Ao lado do Metro Penha

Produção: Pisca Produtora e Interlude. Informações: pisca@pisca.com.br – www.pisca.com.br
Página oficial do evento no facebook:
Matanza & Velhas Virgens em São Paulo/SPLink: www.facebook.com/events/117879021732533/?fref=ts

Ingressos:
1° lote – R$ 30
2° lote – R$ 40
3° lote – R$ 50
Na hora – a definir
Ingressos On Line: www.interludevirtual.com.br/ingressos
Pontos de venda:
*São Paulo: Galeria do Rock – Loja Hole – Av. São João, 439 – loja 275 – 1° andar – centro.
Loja Popipe – Rua Pamplona, 1057 – loja 13 – Jardim Paulista – Próximo ao Metro Trianon Masp.
*Lapa: Jardins Urbanos – Rua Clélia, 1481. *Pinheiros: Iritsu Tattoo – Rua Cardeal Arcoverde, 520 – Próximo ao Metrô Clínicas. – Tel: (11) 2305.6792. *Penha: Ska Skate Rock – Rua: Capitão Avelino Carneiron, 359. – Tel: (11) 2646.4988. *ABC: Santo André: Metal Discos – Rua Dona Elisa Flaquer, 184 – Centro – Tel: (11) 4994.7565. *Osasco: Slip Wave – R. Primitiva Vianco, 100 – Loja 104 – Shopping Galeria – Centro.

Tudo o que sabemos sobre:

MatanzaVelhas Virgens

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.