Manaus reúne 36 bandas em festival independente

Estadão

26 de abril de 2013 | 07h09

Marcelo Moreira

Um ano depois do fracasso do Metal Open Air, em São Luís, no Maranhão, falar em festival independente de rock nas regiões Norte e Nordeste do Brasil ainda causa calafrios em alguns roqueiros, mesmo com todo o sucesso do pernambucano Abril Pro Rock 2013. Não há mais razão para isso. O festival de Recife e o Live’n’Louder mostraram que o rock ainda tem muito público sedento por peso e muito barulho.

Acreditando nisso, Manaus vai sediar um dos mais legais eventos musicais do semestre. O Hey You Music Festival, no Tarumã Music Hall, vai reunir 14 bandas conhecidas nacionalmente e 16 amazonenses em quatro dias bem no meio da Floresta Amazônica nesta sexta e neste sábado, dia 27 de abril.

A maior atração é a grande brasileira em forma que está fora do Rock in Rio 2013, os paulistanos do Korzus. Dando suporte e com status de grandes atrações aparecem ainda Matanza, Velhas Virgens, Inocentes e Blind Pigs. De fora do Amazonas são Veludo Branco (RR) , Jamrock (RR), Garage Fuzz (SP) , Mukeka di Rato (ES), Os Pedrero (ES), Boss in Drama (ES) e as paulistas Chucrobillyman, Rock Rocket e Ventania.

As bandas locais são Einsenhower, Antiga Roll, Dpeids, Evil Syndicate, Mb4, Playmobilis, Necroblood, , Uz’ Zindio, American MCs, Csxxx, Drunk Stereo, Fanvoy and Chunchun, Ed Ondo, Roodie, Acossadosd, Several e Tudo pelos Ares.

Um dos mais empolgados com o evento é o guitarrista e vocalista Clemente Nascimento, líder dos Inocentes, de são Paulo. “Festivais como o Hey You são muito importantes para divulgar as bandas do cenário alternativo. A moçada de Manaus pode esperar no Hey You um show incendiário com uma das melhores formações dos Inocentes em 30 anos de carreira, que é muito boa. (Clemente destaca que esta formação atual da banda tem 18 anos de estrada). No dia 27, o público manauara pode esperar um show com muita energia e uma munição pesada de hits”, afirmou em entrevista ao site Manifesto Norte.

Imagem

Tudo o que sabemos sobre:

Clemente NascimentoInocentesKorzus

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: