Ludov completa dez anos e lança trilogia de EPs

Estadão

11 de junho de 2012 | 22h00

Stéfanie Privado – Emais

Considerada pela crítica musical como uma das bandas independentes mais bem-sucedidas do cenário pop rock atual, o Ludov completa dez anos de carreira e traz na bagagem seis discos, seis EPS, dez videoclipes, premiação em 2004 no VMB da MTV, turnê especial em homenagem aos Mutantes, abertura dos shows de Roxette no País e fãs, muitos fãs, considerados pelos músicos como o seu maior legado.

Composto por Vanessa Krongold, Mauro Motoki, Paulo ‘Chapolin’ Rocha e Habacuque Lima, o quarteto que leva a banda como “algo positivo, sem pressão e sem que atrapalhe a vida de cada um”, colhe os frutos de sementes bem plantadas e regadas com trabalho feito de talento, sinceridade e letras que misturam poesia, melancolia, sutileza e alegria.

Depois de lançar Dois a Rodar, O Exercício das Pequenas Coisas, Disco Paralelo e Caligrafia, a banda paulista apresenta uma trilogia de EPS para marcar a nova fase de volta ao independente. Produzidos de maneira criativa, cada disco foi elaborado com uma proposta distinta.

O primeiro, Minha Economia, lançado no final de 2011 tem a sua capa e contracapa feitos à mão pelos próprios integrantes. Já o novo, O Paraíso, vem em formato de pen drive, uma forma da “presentear” os fãs que acompanham o grupo por uma década. Vanessa, Mauro e Habacuque estiveram no estúdio E+ e falaram dos seus dez anos de banda, o novo EP O Paraíso e o que planejam para a próxima década.

Clique aqui e veja a entrevista.  

 

(Divulgação)

Tudo o que sabemos sobre:

Ludov

Tendências: