Lou Reed, uma carreira em quatro discos fundamentais

Estadão

27 de outubro de 2013 | 23h59

Antonio Gonçalves Filho – O Estado de S. Paulo

The Velvet Underground and Nico (1967)

Capa de disco de 1967 tinha obra de Andy Warhol - Reprodução
Reprodução
Capa de disco de 1967 tinha obra de Andy Warhol

Primeiro disco da banda de Reed trata de temas polêmicos como drogas, sexo e prostituição

Transformer (1972)

Segundo disco solo do cantor, marcou o glam rock e trouxe canções sobre tipos marginais, como Walk on the Wild Side

Berlin (1973)

O mais dark da sua discografia, tem grande orquestra e canções sobre desespero e suicídio

The Raven (2003)

Álbum conceitual baseado em Poe com participação da mulher Laurie Anderson, David Bowie e produção de Hal Willner.

Tudo o que sabemos sobre:

Lou Reed

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: