'Live at Leeds' traz o Who em sua melhor forma

Estadão

14 de setembro de 2010 | 08h17

Marcelo Moreira

Entre as efemérides destacadas neste ano de 2010, The Who ganha destaque por conta da reedição de uma obra-prima que completa 40 anos. “Live at Leeds” é o primeiro disco ao vivo do quarteto inglês e foi gravado em fevereiro de 1970 na univerdade da cidade do interior da Inglaterra. Frequenta quase todas as listas de melhores álbuns de rock ao vivo já gravados.

A reedição prevista para este ano do clássico é a versão já lançada em 2008, chamada de edição de luxo por vir com um CD extra e um libreto de 32 páginas.

Capa da edição de luxo, dupla, lançada em 2008

Capa da edição de luxo, dupla, lançada em 2008

O álbum original trazia apenas seis músicas daquele show. “Substitute”, por exemplo, foi executada de forma muito pesada, e apenas pela metade. “My Generation” teve acrescentada um fantástico medley de 14 minutos, onde o quarteto fez improvisações e emendou músicas da óperaprock “Tommy”, lançada em 1969.

Capa do LP

Capa do LP "Live at Leeds", de 1970

Tornou-se o melhor resumo do que era o Who pós-“Tommy”: um grupo de hard rock que tocava muito alto e que provavelmente fazia o melhor show da época, ao lado do Led Zeppelin.

Somente em 2003 a Universal Music, que hoje detém os direitos do catálogo da banda, relançou “Live at Leeds” de forma mais extensa, acrescentando no CD oito músicas que ficaram de fora da versão original, melhorando ainda mais o que era maravilhoso.

Nesta edição entraram “Heaven and Hell”, um lado B composto por John Entwistle e que abria os shows naquela época, “Tattoo”, uma música pouco conhecida e executada do álbum “The Who Sell Out”, “Fortune Teller”, um cover de Naomi Neville (pseudônimo do bluesman Allen Toussaint), a mini-suíte “A Quick One’s While He’s Away”, enre outras.

Em 2008, a Universal caprichou mais ainda. Relançou os álbuns “Live at Leeds”, “My Generation”, “Tommy” e “Who’s Next” em edições de luxo, com CDs extras contendo material raro, sobras de estúdio e faixas ao vivo.

Várias edições brasileiras em LP saíram com essa capa, só que sem o nome da banda e do álbum

Várias edições brasileiras em LP saíram com essa capa, só que sem o nome da banda e do álbum

“Live at Leeds”, em edição dupla, finalmente está completo, com o show inteiro daquele dia 14 de fevereiro de 1970. O primeiro CD é o mesmo do relançamento de 2003. O segundo é a ópera-rock “Tommy” executada quase na íntegra. É essa versão de 2008 que volta ao mercado, na comemoração dos 40 anos de seu lançamento. Será que desta vez teremos edição dupla nacional?

Aproveite e ouça o programa-podcast Combate Rock nº 2, produzido pela equipe do blog Combate Rock, que analisa e reverencia a trajetória do guitarrista Jimi Hendrix, que morreu há 40 anos.

Combate Rock nº 2 – Jimi Hendrix by mmoreirasp

Tudo o que sabemos sobre:

Live at LeedsThe WhoWho

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.