Leitura roqueira obrigatória

Estadão

29 de novembro de 2010 | 08h12

 Marcelo Moreira, com Território Eldorado

Após muito tempo e muita cobrança, o mercado editorial brasileiro percebeu que o filão dos livros sobre música, e não somente as biografias de artistas, são comercialmente viáveis no Brasil. O Combate Rock vem destacando com frequência alguns destes livros lançados no Brasil.

A lista abaixo traz alguns lançamentos recentes de muita qualidade. Traçam um panorama interessante de parcela expressiva do de que melhor foi produzido na músicia pop entre os anos 60 e 90. É leitura obrigatória para quem sem interessa por rock e por detalhes importantes não tão explorados por alguns artistas.

Para quem tiver interesse, a  Eldorado FM, em parceria com a Editora Madras, lança a promoção ‘Páginas da música Pop’. A emissora ai presentear três ouvintes por semana com livros de ‘Bob Dylan – 100 Canções & Fotos’, ‘O Diário dos Beatles’, ‘Michael Jackson, Uma vida na Música’, ‘Pink Floyd, Primórdios’ e ‘Freddie Mercury, Memórias do Homem que o Conhecia Melhor’.

Para concorrer, envie e-mail para fm@radioeldorado.com.br e responda a pergunta: por que esses artistas entraram para história da música pop mundial? O resultado será divulgado semanalmente a partir do dia 29 de novembro no site do Território Eldorado. É importante colocar nome completo, RG e telefone para contato.


(Divulgação)

‘Bob Dylan – 100 Canções & Fotos’

Bob Dylan é o mais celebrado poeta, cantor e compositor da música popular – uma lenda, um dissidente e um super astro que poucas vezes deixou escapar algo sobre sua vida pessoal. Agora surge Dylan: 100 Canções e Fotos, um livro de coleção único sobre o Dylan, apresentando de forma completa as letras e partituras de suas canções mais importantes, além das histórias privadas por trás delas – todas acompanhadas por 100 fotos raras. Muitas das canções foram escolhidas por companheiros de shows famosos tais como Bruce Springsteen, Bono e Sir Paul MacCartney, e juntas com as fotos algumas vezes evocativas e cativantes, elas propiciam um olhar íntimo para a progressão de Dylan de um herói do folk de boné de veludo a roqueiro eletrificado impenitente. As canções escolhidas combinam cada estágio da odisséia pessoal e criativa de Dylan e algumas vezes parecem quase tão potentes na página impressa quanto soaram quando Dylan as executa no palco ou em gravações. Cada uma das 100 canções presentes nesta coleção prestigiosa é impressa com a linha de melodia, boxes com as posições de guitarra e as letras completas com sua tradução. O resultado é um comentário em texto, visual e em música sobre a vida, a música e as influências do primeiro e único Bob Dylan. Dylan: 100 Canções e Fotos é tanto uma celebração de um grande artista e um livro de coleção que mostra o trabalho de Dylan no contexto de sua vida e tempo, quanto revelador de sua influência sobre alguns dos grandes que foram seus contemporâneos ou seguidores.


(Divulgação)‘O Diário dos Beatles’

A mais famosa banda do mundo existiu oficialmente durante dez anos, e sua extraordinária história tem sido o tema de incontáveis livros, filmes e artigos. Esta é a mais completa crônica sobre os Beatles, escrita pelo notável Barry Miles, que fazia parte do círculo íntimo dos Beatles durante a década de 1960. Esta obra contém uma minuciosa cronologia dos shows, locais das apresentações, declarações dos membros da banda e datas memoráveis. Revela a história nua e crua dos quatro integrantes da banda e expõe não só as brigas, a vida de sexo e drogas como também suas vitórias pessoais. O livro abrange 30 anos, começando durante a Segunda Guerra, em Liverpool, e terminando no final da agitada década de 1960. Poucas pessoas conhecem tão bem a história dos Beatles, e nenhuma teve acesso a tantos detalhes como Miles. O Diário dos Beatles é muito mais do que uma simples cronologia, retrata a verdadeira história da maior banda pop do mundo – trazendo uma nova visão de sua realidade. Os Beatles foram uma dádiva para o mundo, sendo o maior grupo musical dos anos 1960, ícones de sua época. Os pontos altos e a rotina da fama são apresentados aqui, da mesma forma que a vida os mostrou aos Beatles – dia a dia. O resultado deste trabalho revela a trajetória dos Beatles de uma forma nunca antes publicada, fascinante para aqueles que cresceram ao som de suas músicas e imprescindível aos que se interessam pelo maior fenômeno do rocknroll. Um livro ricamente ilustrado com centenas de fotos coloridas e em preto e branco.


(Divulgação)

‘Michael Jackson, Uma vida na Música’

Além de um guia completo para fãs das músicas de Michael Jackson, este livro é uma visão geral e definitiva da carreira singular do inesquecível rei do pop. Álbum por álbum, faixa a faixa, ele examina cada canção lançada pelos Jackson 5, bem como o total dos lançamentos solo de Michael a partir de Off The Wall em 1979 até seu último álbum de material original, Invincible, em 2001. A obra ainda inclui: uma cronologia atualizada; . Análise detalhada álbum a álbum, faixa a faixa; uma parte sobre as coletâneas; . Páginas coloridas de uma linha do tempo; dezenas de citações de Michael Jackson. Esta é uma obra que mantém viva a memória de Michael Jackson, um ídolo de várias gerações.


(Divulgação)

‘Pink Floyd, Primórdios’

Um relato revelador do início da carreira do Pink Floyd, de suas raízes em Cambridge ao status de culto na Londres dos anos 1960. Um retrato detalhado de um grupo lendário em sua ascensão. O autor, Barry Miles, viu a banda tocar quando eles ainda eram chamados The Pink Floyd Sound e escreveu o primeiro artigo feito sobre eles para um jornal alternativo de Nova York em 1966. Miles acompanhou o progresso deles, de uma banda de covers de R&B até se tornarem a força musical lendária que criaria um dos álbuns de maior sucesso de todos os tempos – The Dark Side of the Moon. Ele também conheceu socialmente os membros da banda, testemunhou o declínio rápido de Syd Barrett e se envolveu ativamente na organização de alguns dos shows mais importantes do grupo. Então, aqui está a história autêntica e irresistível do grupo que forneceu a primeira trilha sonora da Londres alternativa e iniciou no mundo do rock uma combinação radical de música, espetáculos de luzes e efeitos pirotécnicos no palco.


(Divulgação)

‘Freddie Mercury, Memórias do Homem que o Conhecia Melhor’

De nomes famosos – incluindo Elton John, Kenny Everett, Elizabeth Taylor e Rod Stewart – ao vago exército de amantes, mediadores e interesseiros, Peter Freestone viu todos eles fazerem parte da tragicomédia que foi a vida fora do comum de Freddie Mercury. Peter Freestone, autor desta obra, foi o assistente pessoal de Freddie Mercury nos últimos 12 anos de sua vida. Viveu com Mercury em Londres, Munique e Nova York e esteve com o cantor quando ele morreu. Fui faz-tudo, garçom, mordomo, criado pessoal, secretário, camareiro… e conselheiro sentimental de Freddie. Eu viajava pelo mundo com ele, estive presente nos altos e baixos. Agi como seu guarda-costas quando foi necessário e, no final, é claro, fui um de seus enfermeiros, diz Freestone. Aqui está o relato mais íntimo da vida de Mercury já escrito e a verdade por trás dos boatos sobre a sua vida.

Tudo o que sabemos sobre:

BeatlesBob DylanPink Floyd

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: