Kazebre continua interditado e adia shows

Estadão

19 de agosto de 2011 | 12h00

Marcelo Moreira

A coisa não anda nada boa para quem gosta de assistir a shows de pequeno e médio portes em São Paulo, em especial na zona leste. Depois do fechamento da Ledslay, agora é a vez do Kazebre interromper temporariamente suas atividades por conta de problemas em documentos e alvarás de funcionamento.

A casa noturna roqueira da região de São Mateus adiou uma série de shows por conta de uma interdição determinada por fiscais da prefeitura no final de julho. Entre os shows adiados estão o dos Raimundos, que estão divulgando álbum novo, CPM 22, NX Zero, Natiruts e Nasi.

Aliás, a aprogramação de shows mais “ecléticos” tem sido motivo de muita reclamação por parte de frequentadores mais antigos e radicais, que não aceitam a variedade de estilos mais pop entre as atrações programadas.

De acordo com os advogados do proprietários do Kazebre, a perspectiva é de que a casa seja reaberta em outubro, tempo que seria suficiente para a regularização dos documentos na Prefeitura de São Paulo para a reabertura da casa.

A administração informa ainda que quem já havia comprado ingresso e deseja a devolução do dinheiro pode fazer o pedido pelo site da casa noturna. Já quem preferir esperar pela reabertura poderá optar por comparecer ao show, mediante apresentação de qualquer ingresso adquirido.

Em relação à Ledslay o mistério continua. Ninguém fala oficialmente sobre os motivos do fechamento definitivo do imóvel na avenida Celso Garcia. A lacônica nota colocada no site da casa informa que “em breve” a casa voltará a funcionar, mas em outro local.

Tudo o que sabemos sobre:

Ira!KazebreNasiRaimundos

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: