Jeff Beck, Halford e New Model Army no Brasil

Estadão

19 de agosto de 2010 | 08h27

Marcelo Moreira

E foi só falar em Jeff Beck nesta semana, sobre o seu mais novo CD, que o guitarrista britânico ficou contaminado com boa vontade e decidiu anunciar que vai tocar no Brasil em novembro. Serão somente dois shows, um no Rio e outro em São Paulo, dentro da tunê mundial que leva o nome de´”Emotion and Commotion”, o mesmo do CD.

Beck Só esteve no Brasil uma única vez, em 1998, para tocar no finado Free Jazz Festival – naquele ano, realizado no Jockey Club, em São Paulo.

Quem esperava um show no estilo de jazz rock praticado pelo guitarrista nos anos 70 foi surpreendido por uma apresentação pesada, barulhenta e maravilhosa, antecipando a tendência inaugurada por seu álbum da época, “Who Else”, lançado poucos meses depois de passar pelo Brasil.

Sua banda atual inclui o baterista Narada Michael Walden, que também fez sucesso como artista pop entre o final dos anos 70 e meados dos 80, o tecladista Jason Rebello e a baixista e vocalista Rhonda Smith substituindo a fantástica Tal Wilkenfeld, australiana que gravou “Emotion and Commotion”.

No Rio o show será no dia 24 de novembro no Viva Rio. Ingressos: R$ 200 (Pista), R$ 250 (Pista Superior), R$ 300 (Camarote BB), R$ 400 (Pista Vip ou Camarote AA); em São Paulo, o show acontece no dia seguinte no Via Funchal. Ingressos: R$ 200 (Pista), R$ 230 (Mezanino), R$ 300 (Camarote ou Pista Vip).

Rob Halford, vocalista do Judas Priest, faz um show solo para divulgar seu mais recente lançamento, “Live in Anahem, gravado ao vivo. Ele toca em São Paulo no Carioca Club no dia 24 de outubro, com preços vão de R$ 60 à R$ 140.

Por fim, os ingleses do New Model Army, importante banda do chamado pós-punk dos anso 80, troca em São Paulo no dias 17 e 18 de setembro no Citibank Hall (antigo Palace, dentro da turnê que comemora os 30 anos de fundação do grupo.

Aproveite e ouça o programa-podcast Combate Rock nº 1, produzido pela equipe do blog Combate Rock, que analisa e critica os shows internacionais que ainda ocorrem este ano.

Parte1 by mmoreirasp

Parte2 by mmoreirasp

Parte3 by mmoreirasp

Parte4 by mmoreirasp

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: