Jane’s Addiction transformou palco em templo do pecado

Estadão

10 de abril de 2012 | 10h00

Felipe Branco Cruz

Mulheres seminuas, duas garrafas de vinho e muita performance. Perry Farrell, Dave Navarro e cia., do Jane’s Addiction, transformaram o palco Butantã em um templo do pecado. Suas músicas pesadas e a indefectível pose de rock star e guitar hero dos dois músicos não deixavam dúvidas: tratava-se da banda com mais personalidade da noite.

Tudo isso, porém, não foi o suficiente para esquentar o público, mais interessado no Arctic Monkeys, principal atração da última noite do Lollapalooza.

Apesar do repertório ter sido basicamente composto com músicas do novo disco da banda, The Great Escape Artist, lançado em 2011, Perry também apresentou sucessos do início da carreira.

Tudo o que sabemos sobre:

Jane's AddictionLollapalooza

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.