Ícone do progressivo, Carl Palmer toca em SP

Estadão

19 de novembro de 2010 | 12h10

Marcelo Moreira

Quem gosta de rock progressivo ficou animado com a possibilidade de reunião do Emerson, Lake and Palmer neste ano, uma das melhores bandas do gênero. Primeiro o tecladista Keith Emerson e o baixista Greg Lake se juntaram para quatro apresentações acústicas nos Estados Unidos. No mês seguinte, fizeram uma concorrida apresentação em Londres com a participação do baterista Carl Palmer.

Aparentemente, foi alarme falso. Nenhum dos três descartou uma reunião definitiva ou pelo menos uma turnê, mas, se isso ocorrer, será em 2011. Enquanto isso, Carl Palmer passeia com sua banda solo pelo mundo e incluiu o Brasil no roteiro. Será o encerramento de uma turnê extensa pelas Américas, que começou em agosto.

O show está marcado para o Carioca Club, em São Paulo, hoje, em show único no Brasil. Causa surpresa a turnê passar pela América do Sul – tocará ainda na Argentina, Chile e Colômbia – justamente porque o baterista ainda é o titular do Asia, ícone dos anos 80 que voltou à ativa com a formação original há dois anos.

Carl Palmer Band conta também com o guitarrista Paul Bielatowicz e o baixista Simon Fitzpatrick. O nome do show, “Carl Palmer Celebrates The Music of ELP”, já diz tudo. O repertório é quase todo calcado nas música do trio inglês. A ideia é executar os classicos do ELP com a guitarra substituindo os teclados, com vocais sendo divididos por Bialetowicz e Fitzpatrick.

Serão executadas invariavelmente canções como “Lucky Man”, “Fanfarre for the Common Man”, “C’est La Vie”, “Tarkus”, “Jerusalem” e mais uma tonelada de hits.

Emerson, Lake e Palmer tocaram juntos por dez anos entre 1970 e 1980. Separados, partiram para carreiras solo, sendo que Palmer também criou o Asia na mesma época. O trio quase voltou em 1986, mas o baterista não conseguiu se livrar de compromissos com o Asia.

Emerson (esq.), Lake e Palmer em 1970

Emerson e Lake recrutaram outro baterista inglês com P, Cozy Powell, e criaram o Emerson, Lake and Powell, que gravou um álbum e fez uma turnê naquele mesmo ano, mas ficou só nisso.

A volta mesmo só ocorreu em 1992, com o álbum “Black Moon”, de boa qualidade, mas bem menos inspirado que os clássicos dos anos 70. “In the Hot Seat”, de 1994, na mesma toada, trazia ao menos um grande bônus, a regravação de parte da suíte de “Pictures at an Exhibition”, obra erudita do russo Modest Mussorgski com letras de Lake em algumas partes – a peça completa foi gravada ao vivo em Newcastle pelo trio inglês em 1971 e se transformou no segundo álbum do grupo, “Pictures at an Exhibition”, naquele mesmo ano.

A última vez em que estiveram juntos foi na turnê de 1998, que passou pelo Brasil – já haviam tocado no país cinco anos antes.

Carl Palmer em São Paulo

Data : 19 de novembro no Carioca Club em São Paulo
Horário de inicio do show: 20h
Valor de Pista antecipado promocional e estudantes: R$80
Camarote antecipado e estudantes: R$140
Realização: Marcel Castro Produções
Informações: (0/xx/11) 3813 8598/ 7229-4403