Gravadora rejeitou álbum em francês de Iggy Pop

Estadão

12 de maio de 2012 | 22h32

Luciano Borborema – Território Eldorado

Après, o novíssimo álbum de Iggy Pop foi rejeitado pela gravadora Virgin EMI. De acordo com matéria do jornal inglês The Guardian, a gravadora não se interessou pelo trabalho do roqueiro que foi lançado nesta semana.

“A gravadora não quis. Eles acharam que não ganhariam dinheiro, que meus fãs não gostariam. Prefeririam que eu fizesse um novo disco de hits do punk”, disse o músico em uma coletiva de imprensa realizada em Paris.

E não parou por aí. Iggy Pop ainda disse: “O que uma gravadora já fez por mim, além de me humilhar e me colocar para baixo? Sempre fui expulso delas”. O músico acabou lançando o álbum pelo site Vente Privée. O disco só foi apresentado para a gravadora devido a um contrato que pedia um novo disco de inéditas em 2012.

Après é o segundo trabalho com músicas em francês de Iggy Pop. O primeiro é Préliminaires, com pegada jazzística, trabalho foi lançado pelo roqueiro em 2009. O disco foi inspirado no romance A possibilidade de uma ilha, do escritor francês Michel Houellebecq. Les feuilles mortes, é cantada em francês e Iggy falava que havia feito a canção especialmente para os franceses.


Detalhe da capa de ‘Après’. (Divulgação)

Tudo o que sabemos sobre:

Iggy Pop

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.