Governo do Maranhão nega responsabilidade por problemas do Metal Open Air

Estadão

21 de abril de 2012 | 00h50

Marcelo Moreira

O governo do Estado do Maranhão reagiu com dureza na noite deesta sexta-feira às acusações de que teria cortado verba do Metal Open Air, festival de heavy metal que ocorre no Maranhão neste final de semana, o que teria ocasionado o cancelamento de shows e problemas de infraestrutura. As acusações foram feitas pelos empresários Felipe Negri (Negri Concerts) e Natanael Jr. (Lamparina Produções), os organziadores do evento. Leia a nota oficial do governo maranhense:

A Secretaria de Estado de Comunicação Social (SECOM-MA) informa que não há registro de qualquer aproximação do Governo do Maranhão com a produção do Metal Open Air (MOA), festival de rock que está sendo realizado em São Luís.

Esclarece ainda que o governo não investe em eventos com bilheteria paga. Nesse caso específico, há ainda o agravante do histórico de eventos já realizados por um desses mesmos produtores e que resultaram em problemas semelhantes.

Informa, por fim, que o governo disponibilizou seus serviços para a proteção do público, caso dos técnicos da Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MA), que vistoriam o local, e de homens da Polícia Militar, que guardam a área.

Tudo o que sabemos sobre:

Metal Open Air

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.