Glenn Hughes volta ao Brasil e toca no Metal Open Air

Estadão

29 Fevereiro 2012 | 12h00

Marcelo Moreira

Uma das grandes vozes do rock é a última estrela confirmada do Metal Open Air. O baixista e vocalista Glenn Hughes vai dar um tempo no Black Country Communion, banda que formou o guitarrista Joe Bonamassa, e será uma das atrações principais do festival de metal que ocorre em abril no Maranhão.

Ao lado de Bonamassa, Jason Bonham (bateria) e Derek Sherinian (teclados), Hughes formou o Black Country Communion no final de 2009. A banda já lançou dois álbuns e um DVD, todos recém-lançados no Brasil pela Som Livre. No raros intervalos, consegue fazer alguns shows como artista solo.

 Também vão tocar no festival Megadeth, Anthrax, Blind Guardian, Grave Digger, Venom, Saxon, Dio Disciples, Symphony X, U.D.O., Obituary, Exodus, Orphaned Land, Exciter, Destruction, OTEP, Legion of the Damned, Fear Factory e Anvil, além das nacionais Matanza, Motorocker, Andre Matos, Almah, Stress, Shadowside, Korzus, Ácido, Ânsia de Vômito, Megahertz, Ratos de Porão, Dark Avenger, Torture Squad, Shaman, Drowned, Unearthly, Attomica, Hangar, Terra Prima, Semblant, Obskure, Headhunter D.C. e Expose Your Hate.

Excepcional baixista e um dos grandes vocalistas da história, Glenn Hughes deixou a escola aos 15 anos para tocar guitarra em uma banda local antes de mudar para o baixo e começar a cantar.

Ele é conhecido pelo seu trabalho em grupos como Trapeze e Deep Purple na primeira metade dos anos 70, ganhando o apelido de “The Voice Of Rock”. Hughes também trabalhou com Yngwie Malmsteen e Joe Lynn Turner no Rainbow. Com o sucesso e reconhecimento, passou a trabalhar com diversos artistas e a desenvolver parcerias em composições. Recentemente, abriu sua gravadora, a Pink Cloud Records.