Expomusic 2012 cria espaço para novos talentos e shows diversificados

Estadão

19 de setembro de 2012 | 22h01

da equipe Combate Rock

A maior feira musical da América Latina criou um dos principais espaços no Brasil para a revelação de novos talentos. A Expomusic 2012– 29ª Feira Internacional da Música, que começou neste dia 19 de setembro a vai até o dia 23, implantou o Music Hall, local exclusivamente destinado a shows de todas as vertentes musicais. Serão 15 horas de apresentações de jazz, rock, heavy metal, blues, MPB e música erudita.

Na sexta-feira (21), o pop-rock do Conservatório Musical Tom Jobim abre a programação, seguido pela apresentação da banda T-Ale, onde o forte é o repertório inspirado nos anos que vão de 1960 a 90. Direto de Campinas, a banda Kamala leva seu trash-metal para os palcos do Music Hall, que recebe ainda o som acústico de Leo Mancini; e as bandas Barbas de Netuno, terceira colocada na promoção “Quer Tocar no Music Hall”, e o som heavy metal do Motorguts.

O segundo dia de shows (22) começa com a apresentação da primeira colocada pelo voto popular na promoção, a banda Offset, e traz ainda o estilo híbrido de blues, rock e r&b do grupo Crats, o metal-hardcore do pessoal do The Gates are Broken (segunda colocada), banda DeJavú (pop-rock), o soul music & jazz do aclamado guitarrista Marcinho Eiras & You Guys, e o rock nacional da galera da banda EX4 Exatamento Qu4tro fechando o dia.

Encerrando a edição de 2012 do Music Hall, domingo (23) o público poderá conferir de perto a MPB instrumental do grupo Música do Silêncio, a Nação Maracahyba e seu matacatu-mangbyte e o jazz fusion com pitadas de música brasileira e latina na performance do guitarrista Leandro Ramajo. O dia ainda reserva surpresas com a pausa para o erudito nas performances da Orquestra Sinfônica de Franca e a roupagem modernizada da versão da Orquestra de Guitarras Souza Lima para as sonatas de Mozart. Por fim, os rapazes do heavy metal da banda Shaman fecham com chave de ouro a edição de 2012 do evento.

Desenvolvida com o objetivo abrir um canal para músicos de todos os estilos e de todo o País, a atração voltada à inclusão musical oferece oportunidade para bandas, orquestras, instrumentistas, cantores e alunos de escolas de música mostrarem seu trabalho.

Nos dois primeiros dias de apresentações (sexta e sábado), as atrações do Music Hall acontecem das 14 às 20 horas. No último dia (domingo), começam e terminam mais cedo, das 13 às 19 horas.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.