Dia Mundial do Rock não se resume a uma simples data, mas é sempre bom comemorar o 13 de julho

Estadão

13 de julho de 2013 | 19h16

do blog Roque Reverso

 Hoje é mais um Dia Mundial do Rock. Quem curte o estilo já está cansado de saber que ele sempre acontece no dia 13 de julho, mas também tem total noção de que tudo não se resume a uma simples data.

Os verdadeiros apreciadores do bom e velho rock n’ roll vivem o estilo nos 365 dias de cada ano. As demonstrações vão desde alguma música que é ouvida em casa, no carro ou no trabalho até o próprio jeito de se vestir.

Mas, numa terra atualmente infestada por uma grande quantidade de lixo cultural, não custa nada comemorar o Dia Mundial do Rock.

É sempre bom mostrar que o gênero continua vivo, apesar das inúmeras vezes que sua morte foi decretada.

Para quem não sabe, apesar de ter sido criado nos anos 50, o rock ganhou pra valer uma data de comemoração apenas em 1985, ano do primeiro Live Aid, concerto beneficente em prol das vítimas da fome na Etiópia realizado exatamente no dia 13 de julho daquele ano em Londres e na Filadélfia. O evento foi organizado pelo músico Bob Geldof  (cantor da banda irlandesa Boomtown Rats) e teve a participação de vários astros de rock.

Razão fundamental para a existência do Roque Reverso, o rock n’ roll jamais deixará de ser comemorado por aqui.

Tradicionalmente, descolamos vídeos no YouTube para lembrar do Dia Mundial do Rock e, mais uma vez não deixaremos de fazer isso. Desta vez, decidimos escolher alguns vídeos com trechos de shows que marcaram a história do rock. Clique aqui e veja alguns vídeos selecionados.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.