Depeche Mode lançará novo disco de inéditas somente em 2013

Estadão

08 de agosto de 2012 | 21h00

Agência Efe

O novo álbum de inéditas do Depeche Mode, espécie de continuação de Sounds of the Universe (2009), deverá chegar às lojas somente no primeiro semestre 2013, uma data diferente da anunciada por Andrew Fletcher após o lançamento de Remixes 2: 81-11 (2011), quando o tecladista também declarou que a aposentadoria do grupo estaria se aproximando.

 Andrew Fletcher tocou no Brasil em 2011, numa festa em SP - Divulgação

Divulgação
Andrew Fletcher tocou no Brasil em 2011, numa festa em SP

Essa nova previsão foi anunciada pelo próprio vocalista Dave Gahan em entrevista à revista Clash Music. Nesta, Gahan aponta que o novo disco da banda britânica de música eletrônica terá uma sonoridade semelhante a do marcante Songs of Faith And Devotion (1993), destacando uma combinação de blues e “grandes quantidades de esperança”.

Depois de terem gravado umas 20 canções, Gahan acrescenta que atualmente a banda procura mais algumas faixas para fechar este esperado lançamento, que também poderá ser antecipado com algum single ainda neste ano.

Em entrevista concedida à agência Efe em junho de 2011, o tecladista Andrew Fletcher afirmou que Martin Gore e Gahan já tinham começado a escrever as músicas e também apontou, erroneamente, que o disco seria lançado até o final de 2012.

“Não nos ficam tantos discos por fazer”, advertiu o músico, que declarou que ele não gostaria de seguir na música “tanto tempo como os Rolling Stones” e, por isso, gostaria de pensar na aposentadoria da banda “após o lançamento de mais uns dois discos”.

Além do lançamento do novo álbum no primeiro semestre de 2013, Gahan também afirmou à Clash Music que o grupo também iniciará uma nova turnê, que, por sua vez, “não será concluída antes do verão de 2014”.

Segundo Gahan, o novo trabalho do Depeche Mode, ainda sem título definido, foi gravado com total liberdade e sem nenhum selo associado a sua produção.

Com mais de 75 milhões de cópias vendidas, o Depeche Mode aparece como uma das principais bandas de música eletrônica de mundo, sendo, inclusive, uma das primeiras a usar sintetizadores.

 

Mais conteúdo sobre:

Depeche Mode