Demorou, mas mas finalmente retiraram o 'Wacken' do festival maranhense

Estadão

22 de novembro de 2011 | 12h00

Marcelo Moreira

Os problemas surgiram muito antes do que todos esperavam em relação ao anunciado festival de heavy metal no Maranhão, em abril do ano que vem, o chamado Metal Open Air. Vendido extraoficialmente como a “versão brasileira” do famoso Wacken Open Air, o maior festival d rock pesado do mundo na atualidade, os esclarecimentos demoraram demais para aparecer.

A quase irresponsabilidade – que beirou a insanidade – continuou com a criação de um suposto logotipo do festival com os dizeres “Wacken Brasil” na página na internet da produtora Lamparina Records, de São Luís. O “mal-entendido” só foi explicado na tarde desta segunda-feira, com um “comunicado oficial” da Lamparina sobre o assunto desvinculando o evento brasileiro do nome Wacken. Pena que veio tarde demais…

Leia a nota oficial da Lamparina:

Nas últimas semanas, está havendo muita confusão com o nome do festival – METAL OPEN AIR. Não se trata de uma edição brasileira do Wacken Open Air, mas de outro festival internacional, embora ambos tenham a mesma proposta de promover a diversidade do heavy metal. O festival alemão não está envolvido na produção do METAL OPEN AIR, por isto as marcas e os formatos são distintos. Outra produtora internacional de grande porte está responsável pela produção da turnê, juntamente com a Negri Concerts. A Lamparina Filmes e Produções é a responsável pela produção local da versão brasileira do METAL OPEN AIR, em São Luís do Maranhão.

Primeira versão do suposto cartaz do que deveria ser o Wacken Brazil, que virou o Metal Open Air

Tudo o que sabemos sobre:

Metal Open AirWacken Open Air

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.