Com o Who empacado, Roger Daltrey prepara DVD ao vivo

Estadão

11 de dezembro de 2010 | 16h27

Marcelo Moreira, com informações do The Who Brasil

A notícia abaixo foi retirada do site da mais importante comunidade dedicada ao Who no Brasil. Sempre antenados e rastreando diariamente qualquer site musical, os integrantes conseguem fazer o melhor trabalho em português dedicado ao grupo, tanto na internet como nas redes sociais. Leia mais em http://www.thewho.com.br/

Apesar de declarar que não tinha a intenção de gravar nenhum show de sua turnê Use It Or Lose It em 2009, Roger Daltrey não só registrou todas as apresentações como considera agora mixá-las para uma possível coletânea ao vivo.

Segundo Daltrey, ele e seu companheiro de banda solo Frank Simes estão prestes a examinar as fitas: “Eu gravei todos os shows que fizemos, e vou ouvir com Frank, nosso guitarrista, que vai mixar e ver se consegue um bom resultado. Tocamos coisas muito interessantes, verdadeiras pérolas do Who que não são tocadas há anos, além de algumas que o Who, de fato, nunca apresentou ao vivo”.

Entre os pontos altos da turnê estavam versões de canções como “Pictures Of Lily”, “Tattoo”, “Squeeze Box”, “Young Man Blues”, “The Real Me”, “I Can See For Miles”, “Naked Eye”, “Blue, Red, And Grey”, “Cache Cache”, “Bargain”, “Boris The Spider” e “Going Mobile”, esta última cantada por Simon Townshend (irmão mais novo de Pete Townshend) que participou, nos vocais e na guitarra, da maioria das datas.

Além do envolvimento com Daltrey, Frank Simes é mais conhecido por seu trabalho como músico de sessão com Mick Jagger, Stevie Nicks, Rod Stewart, David Lee Roth e Roger Waters, entre muitos outros.

Tudo o que sabemos sobre:

Pete TownshendRoger DaltreyThe Who

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: