Coldplay irresistível ao vivo

Estadão

20 de dezembro de 2012 | 22h22

Emanuel Bomfim – ESPECIAL PARA O ESTADO DE S. PAULO

Quem esteve no último Rock in Rio, ou viu pela TV, deve se lembrar: o Coldplay se agiganta ao vivo. E não é só uma questão de recursos pirotécnicos, tampouco da performance esforçada do vocalista Chris Martin.

O segredo está mesmo no repertório, repleto de canções infalíveis. Um caldeirão pop de refrões catárticos e baladas arrebatadoras. Lançar, portanto, o registro ao vivo da última turnê em CD e DVD é justo para quem ainda lota estádio com facilidade.

É impressionante notar como as músicas do recente Mylo Xyloto já adquiriram o mesmo peso de hits antigos. Hurts Like Heaven é uma das mais empolgantes, flerta com os beats de pista. Up in Flames, no piano, e Us Against World, no violão, respondem pela faceta mais singela do grupo.

 Charlie Brown e Paradise dão leveza; Princess of China se apropria do carisma de Rihanna; e Every Teardrop Is a Waterfall é simplesmente espetacular. Há cerca de três semanas, a banda anunciou recesso do palco por três anos. Um hiato que certamente será sentido, principalmente por aqueles que apreciam o pop em estado de graça.

Tudo o que sabemos sobre:

Coldplay

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.