Bruce Springsteen não precisa de elevadores

Estadão

19 de novembro de 2010 | 09h22

Daniel Fernandes

Para quem não sabe, Bruce Springsteen é também conhecido como The Boss. E não fica difícil imaginar porque ele ganhou esse apelido quando, depois de tantos anos de estrada, ele faz o show que fez em Londres no verão passado – e que o nosso dileto internauta pode ter o prazer de ver em DVD, lançado no Brasil recentemente.

Em plena forma, apesar dos mais de 60 anos, The Bosso emenda uma pancada na outra. Conduz a E Street Band com precisão e arrebata as milhares de pessoas presentes no Hyde Park conforme a apresentação avança por uma noite de verão atípica para os londrinos – fazia calor e não fazia frio.

Tá certo, o cara tem mais de 60 anos e, claro, quando começa a fazer macaquices – sobe e desce as escadas do palco que o aproximam da multidão – as termina com a inevitável frase: “Coloquem um elevador aqui, eu tenho 60 anos”.

Mas a idade não o impede de tocar guitarra com fúria, de produzir acordes maravilhosos e melodias que vão e voltam como se fossem mísseis teleguiados cuja única função é nos lembrar do Poder da Música.

O DVD vale pela oportunidade de ver um garoto de 60 anos tocando como se fosse um moleque de 16 – mostrando o melhor que a música norte-americana é capaz de produzir.

Obrigado pelo show!

Vida longa ao chefe.

Tendências: