Boato do ano era só boato: guitarrista nega reunião do Black Sabbath original

Estadão

17 de agosto de 2011 | 04h07

Marcelo Moreira e estadão.com

A notícia era boa demais para ser verdade, em que pese o risco que a empreitada envolvia. O mundo acordou ontem, terça-feira, com a notícia de que Tony Iommi confirmava a volta da formação original e clássica do Black Sabbath para gravar um álbum de inéditas e fazer uma turnê mundial.

A notícia foi publicada no site de um jornal de Birmingham, Inglaterra, terra natal do grupo, e trazia detalhes minuciosos: que Iommi e e Ozzy Osbourne estavam compondo durante o mês de julho e que Geezer Butler logo se juntaria a eles. Tudo mentira. O guitarrista desmentiu à noite toda a história em nota oficial, colocando a culpa no jornalista que teria “entendido tudo errado”.

Iommi negou que o grupo está planejando se reunir. No comunicado no seu site, afirma que ficou ‘chateado’ com a história toda e de que como ela surgiu. Em uma conversa com um jornalista, em junho, apenas especulou a possibilidade de juntar a formação original do Black Sabbath, mas sem nenhum efeito prático.
 
“‘Graças à internet”, diz a nota, “a notícia rodou o mundo como se fosse um comunicado oficial da minha parte, totalmente sem sentido”. Apenas Iommi desmentiu a reunião do grupo, até o momento.

O jornal inglês em questão é o Birmingham Mail Net, que noticiou em primeira mão o suposto reencontro da formação original da banda, que tinha também os roqueiros Ozzy Osbourne, Geezer Butler e Bill Ward. E, segundo o jornal, eles já estariam ensaiando…

Tudo o que sabemos sobre:

Black SabbathOzzyOzzy OsbourneTony Iommi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: