Blues beneficente para arrecadar agasalhos em São Paulo

Estadão

01 de maio de 2013 | 12h00

Marcelo Moreira

Vasco Faé não tem tempo a perder: um dia toca no programa Jô Soares Onze e Meia, da TV Globo, no dia seguinte voa para algum recanto do Brasil para tocar blues e volta correndo a São Paulo para organizar um festival beneficente. Ele é o mentor do Hot Blues Fest em pleno Dia das Mães, no dia 12 de maio, no Centro Cultural São Paulo.

A ideia é arrecadar agasalhos, que serão a entrada para a assistir a parte expressiva da nata dos artistas brasileiros do gênero:  Adriano Grineberg (voz e piano), André Christovam (guitarra e voz), André Youssef (piano), Artur Menezes (guitarra e voz), Bocato (trombone), Dadá Cyrino (voz), Daniel Granado (gaita e voz), Edu Gomes (guitarra), Fernando Loia (bateria), Humberto Zigler (bateria),  Irmandade do Blues (banda completa), Marcos Ottaviano (guitarra), Mateus Schanoski (teclado e piano), Ricardo Gaspa (contrabaixo, ex-integrante do Ira!), Sarah Messias (gaita e voz), Sérgio Duarte (gaita e voz), Sílvio Alemão (baixo), Ulisses da Hora (bateria) e Vasco Faé (voz e gaita).

Mesmo com a grande adesão, Faé pediu desculpas a sua grande legião de amigos por não poder acomodar todos que gostariam de participar. “Aos amigos do Blues que não participarão desta edição, pedimos de coração que nos prestigiem com sua compreensão e presença, pois tivemos que montar um show com duração relativamente curta para o número de artistas participantes. Esperamos que seja um sucesso esta edição para que no futuro possamos realizar mais e mais vezes e assim poder contar com todos os amigos”, escreveu em sua página no Facebook.

O ingresso será um agasalho, casaco ou calça em bom estado. O show começa às 18h na sala Adoniran Barbosa, no Centro Cultural São Paulo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.