Black Sabbath inicia turnê pelo País

Estadão

08 de outubro de 2013 | 19h30

‘Alguém jogou no palco e eu peguei’, disse Ozzy sobre bandeira brasileira no show argentino

Roberta Pennafort/ Rio – O Estado de S. Paulo

Em entrevista no Rio sobre sua turnê pelo Brasil, o Black Sabbath, representado apenas por Ozzy Osbourne e Geezer Butler, se disse entusiasmado com o grande sucesso do álbum 13, o primeiro de estúdio com o vocalista em 35 anos. O guitarrista Tony Iommi, que faz tratamento contra um câncer do tipo linfoma, não participou da entrevista por não estar se sentindo bem. O baterista Bill Ward está fora da turnê porque está muito acima do peso e sofre do coração.

Ozzy Osbourne e Geezer Butler na coletiva - Marcos de Paula/ Estadão
Marcos de Paula/ Estadão
Ozzy Osbourne e Geezer Butler na coletiva

“A recepção à turnê está sendo muito melhor do que eu imaginava. Fico chocado. É muito triste o Bill não estar conosco mas fizemos o que tínhamos que fazer. Tony está lutando contra um linfoma, por isso não quero fazer planos para o futuro. Estamos cruzando os dedos para dar tudo certo”, disse Ozzy, que contemporizou ao responder pergunta sobre a confusão de bandeiras no show de Buenos Aires (ele exibiu a bandeira brasileira): “Alguém jogou no palco e eu peguei. São coisas que acontecem. A música é universal”. O grupo toca amanhã em Porto Alegre, sexta em São Paulo e domingo no Rio.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: